13 de mai de 2013

Top 7 - Teatro dos Contos de Fadas



Tempos atrás coloquei no blog um artigo sobre uma série denominada Teatro dos Contos de Fadas, produzida pela atriz e produtora Shelley Duvall. Esta série, composta de apenas 26 capítulos tratava a cada episódio um conto de fadas específico. E, para dramatiza-los, sempre havia atores e atrizes conhecidos. Isso, aliado a atmosfera mística, teatral, com humor inteligente, referências diversas e fidelidade aos contos originais, tornou a série muito comentada nas décadas de 80 e 90.
No Brasil, Teatro dos Contos de Fadas foi exibido pela TV Cultura em meados de 1994 e hoje tornou-se um ícone nostálgico dos fãs e um marco do “Clássicos da TV Cultura” pelos adultos que, naquela época, ainda crianças, muito aprenderam e se divertiram com tão rica programação educativa da emissora.
Quando pequena, eu adorava assistir a Teatro dos Contos de Fadas. Recentemente, através do blog do Bruno Muller, ele teve uma nostalgia sobre a obra e logo baixei todos os capítulos, revendo-os e gravando-os.
Agradeço á minha amiga Yumiko Sousuke por ter digitado esse artigo =).
Por isso, decidi fazer o Top 7 daqueles que considero os melhores e mais marcantes episódios na minha opinião. Afinal, contos de fadas não são só para criança.


7- A Bela Adormecida


A adaptação deste conto manteve-se extremamente fiel á versão escrita dos Irmãos Grimm, sem os elementos da obscura versão medieval. Aliás, o conto de Grimm serviu para a Disney criar sua Sleeping Beauty, alterando diversos elementos da história. Elementos estes que a adaptação de Duvall conserva.
A principio, quem assistir esse episódio tendo em mente o clássico Disney, ficará surpreso com as diferenças.
No original, a bela princesa (aqui interpretada por Bernadette Peters) que possui uma belíssima voz) adormece por 100 anos. Essa maldição rogada por uma feiticeira ocasiona que todas as pessoas do reino congelam-se por encanto e se mantém adormecidos até que a princesa seja despertada pelo amor de um príncipe. E aqui o belo e valoroso príncipe é Cristopher Reeve (o eterno Supermann) no auge de sua carreira.
A história é encantadora de modo que até ignoramos determinados efeitos especiais, mas o destaque fica mesmo por conta de Cristopher Reeve. Quando o vemos, sentimos até um aperto no peito pelo futuro trágico que lhe aguardava na vida real (após cair de um cavalo, Reeve ficou tetraplégico e durante décadas sujeitou-se a testes para encontrar uma forma de reabilitação).
Talvez o ponto alto neste capítulo seja a expressão apaixonada com que ele contempla a princesa e depois a desperta. Há sentimento em seu olhar, revelando que era um bom ator.
A presença de Reeve e a certeza de que Bela Adormecida é uma das histórias que mais fazem jus ao termo Contos de Fadas, tornam esse capítulo merecedor de figurar na lista.



6 - A princesa e a Ervilha



A adaptação de Duvall acerca deste conto de Hans Cristian Andersen tomou grandes liberdades em diálogos e atitude dos personagens. Porém, em vez de prejudicar, isso valorizou ainda mais a história, tornando-a uma das mais divertidas de toda a série.
A obra original é extremamente curta e simplória, mas com o elaborado roteiro e um gripo de atores talentosos, a história ganha personalidade e as cenas de humor são realmente engraçadas.  Tom Conti é o príncipe complexado com graves problemas de existencialidade e dotado de uma linguagem de expressão ímpar. A simpática Liza Minelli é a “princesa” forasteira que se instala no quarto que outrora pertenceu ao sacaneado e divertido-bocudo Bobo da Corte.
Enquanto a rainha procura uma princesa ao nível de seu filho, o casal desenvolve um óbvio interesse. E, entre os afiados diálogos do trio Forasteira-Príncipe-Bobo, o humor é a peça que sustenta a chave do sucesso na adaptação do conto.
O príncipe desesperadamente quer fugir do casamento forçado e encontra no Bobo e na Forasteira os comparsas para ajudar a elaborar planos.
Cenários simples e sem efeitos especiais, vemos ali o puro teatro e os atores (principalmente Tom Conti) fazem questão de manter gestos exagerados – o que torna tudo mais engraçado. E há ainda os efeitos sonoros e as ironias.
Graças a adaptação criativa, o conto original foi enriquecido os personagens ganharam personalidade, e o humor bem dosado, tornou este um dos melhores capítulos da série.



5- O Menino que Saiu de Casa para Descobrir o que Era o Medo



A adaptação deste conto pouco conhecido, consegue juntar humos com um levíssimo terror de forma primorosa.
Tendo Peter MacNicol como o jovem incapaz de sentir qualquer medo e disposto a encarar qualquer coisa horripilante para saber a sensação, a produção conta com Cristopher Lee no papel do rei misterioso e a narração de Vincent Price.
O visual deste episódio é um dos mais dignos para a história em questão de toda a série. A produção do castelo assombrado está impecável e os efeitos especiais – bem como a maquiagem dos fantasmas esta muito boa tendo em vista a produção, nos remetemos aqueles antigos filmes de terror do cinema mudo.
Os diálogos são bem construídos e é interessante ver Cristopher Lee interpretando uma espécie de rei-feiticeiro que pode ser visto como o antagonista da história (em toda sua carreira, Lee jamais fez um papel no qual não fosse um vilão).
A história possui diversos momentos cômicos, seja com a família absurdamente supersticiosa do rapaz, seja os fantasmas do castelo (a cena em que o rapaz os convenci a jogar boliche é deveras hilária) ou as personagens estranhas, desenvolvem um humor negro na medida certa.
É um conto diferente, que conta com um elenco competente e que mantém um dos cenários mais legais da série. A falta de medo do protagonista chega a inocência e o melhor é descobrir do que ele acaba tendo medo. E um bom conto de terror, tem de contar com a presença de Lee, o ícone do antigo cinema de horror.



4- Chapeuzinho Vermelho


A adaptação deste popular conto consegue manter uma fidelidade com o conto dos Irmãos Grimm e ao mesmo tempo inserir novos elementos que deixam a história mais dinâmica.
Aqui, Chapeuzinho (interpretada por Mary Steenburgen) é uma adolescente superprotegida pelos pais que tem sua avó (que mora no outro lado do bosque) como única amiga. Embora ela se interesse pelo jovem e bondoso ajudante de seu pai, a superproteção familiar deixa a garota cada vez mais aborrecida.
Eis então que no bosque, surge um lobo, que instala-se em um canto a fim de encontrar seu jantar. O canastrão lobo de nome Reginaldo (pff, hehe) é interpretado por ninguém menos que o ator Malcom McDowell, o eterno senhor Alex de Large (sim, o delinquente de A Laranja Mecânica). Quase que totalmente irreconhecível devido a maquiagem, ele destaca a história e seus trejeitos, e as conversas que tem consigo mesmo diante do espelho são excelentes. Malcom é um mestre em interpretação e mesmo o lobo mal-educado se torna engraçado ao se posar de bonzão e receber atitudes atravessadas.
O lobo de Malcom é sem dúvida o melhor do capítulo. Seu conto com o espelho mantém um chapéu-coco pendurado; certamente uma artimanha dos produtores a nos lembrar de Alex. Embora o lobo seja engraçado, em certos momentos ele nos faz lembrar que é o vilão da história.
A situação da adolescente chapeuzinho também é interessante e, mesmo que no fim de tudo a história tenha um final feliz, coloca em foco a lição de moral que existe no conto; ensinando as garotas a tomarem cuidado com aqueles estranhos que se aproximam galantes e com supostas boas intenções. Um conto sempre clássico.


3- A Rainha da Neve


A adaptação deste incrível conto é um dos mais lembrados pelos fãs de Teatro dos Contos de Fadas não apenas pela versão dada e pela ótima produção, mas também por ter sido reprisado diversas vezes pela TV Cultura na época.
O conto original de Hans Cristian Andersen é deveras curto e teoricamente simples; uma história de amizade típica para crianças. Porém, se foi intencional ou não, Andersen criou um enredo que pode ser trabalhado das mais diversas formas e com as mais complexas situações, tanto místicas quanto psicológicas e até pseudo-sociais. Talvez por isso A Rainha da Neve tenha se tornado uma obra diversas vezes interpretadas no teatro e no cinema. Dizem até que a Disney possui um rascunho da adaptação engavetado.
A versão de Duvall é fiel ao livro, mas enriquece a história de forma a deixa-la mais completa e interessante. Embora a amizade dos amigos Gerda e Kai seja o foco central, o destaque da obra sempre residiu na personagem do título. A Rainha da Neve é uma entidade, uma deusa, uma materialização da natureza, cercada de mistério. Sua presença fascina e intriga, pois é fria como gelo, com intenções desconhecidas é sábia e perigosa. A atriz Lee Remick, absorveu muito bem a personagem e a amizade do jovem casal soa autêntica.
A Rainha da Neve é uma história multidimensional, com perguntas não respondidas e que pode receber diversas versões (desde infantis, adultas, místicas e até sensuais) sem nunca perder o foco original. A adaptação feita pela série é justa e digna, merecendo figurar entre as melhores histórias contadas.



2- O Flautista de Hamelin



A adaptação deste sinistro poema dispensaria comentários. É sem dúvida, o conto mais estranho, adulto e perturbador da série. O poema é um conto folclórico, reescrito pelos Irmãos Grimm e já é intrigante por natureza e na ousada e brilhante versão presente na série, a história procura se manter imparcial quanto as suposições mais adultas, porém a atmosfera persiste. Esse conto é o único a não ter um final feliz e deixar mais perguntas (ou certezas?) perturbadoras.
O flautista interpretado por Eric Idle está impecável e seus trajes vermelho-sangue se destaca no opaco cenário e demais personagens de estilo medieval. Ele por si já é uma figura surreal e misteriosa, que teve o dom de, com a estranha música de sua flauta, hipnotizar os ratos que infestavam o vilarejo e fazê-los afogarem-se no mar.
Como se não bastasse toda a sombriedade da obra, a maioria das conversas são feitas rimando. É algo surreal.
Mas, quando chega-se ao ápice onde o flautista – enganado pelos políticos da cidade se recusa a lhe pagar o prometido por se livrar os ratos – decide hipnotizar todas as crianças da cidade com sua música e leva-las para além das montanhas, deixando os adultos imobilizados é que começamos a nos preocupar.
Principalmente quando seguindo o conto original, o flautista leva as crianças para um estranho portal em uma caverna, que logo desaparece. E como já foi dito anteriormente, nada de final feliz.
O que acontecer, para onde as crianças realmente foram levadas e quem ou o quê era o flautista, é um mistério. O flautista, é um mistério. O Flautista de Hamelin realmente não é um conto de fadas e por isso mesmo a história é tão interessante.



1- A Pequena Sereia


A adaptação deste conto merece figurar na primeira posição simplesmente por ser um dos mais fiéis a obra original e também um dos mais bem produzidos e cativantes.
A Pequena Sereia foi escrito por Hans Cristian Andersen e, embora as ideias teoricamente seja a mesma, a versão da Disney é quase que totalmente diferente o final. Assim, a versão de Duvall pode ter surpreendido e confundido os fãs por retratar a obra original.
A trilha sonora que pega os arranjos orquestrais do clássico Em Busca do Vale Encantado é excelente e sentimental, sempre colocada nos momentos certos. Aliás, esse conto é o único da série que tem uma “trilha sonora”.
A encantadora sereia é interpretada pela bela Pam Dawber, cujo amor platônico e infelizmente não-correspondido pelo príncipe a faz arriscar tudo e sofrer para poder ficar com ele e fazê-lo se apaixonar. Porém, o príncipe já possui uma noiva que ama e, como se não bastasse, é uma pessoa boa.
A melancolia e tristeza da sereia Pérola faz com que torçamos por ela conquistar o amado e é cruel contatar que todo o sacrifício dela foi em vão.
O lado belo da história é ver a pureza do amor verdadeiro da sereia, que se recusa a destruir o príncipe mesmo que isso pudesse lhe fazer voltar a ser como era antes de ter vendido sua voz e vida marinha em troca de pernas que lhe machucavam apenas para conseguir estar ao lado do príncipe.
Embora fosse a sereia que merecesse verdadeiramente o amor do príncipe, isso não acontece. Mas o amor dela o impede de ser egoísta e a bondade o faz ganhar algo que sua espécie não tem: uma alma.
A Pequena Sereia é um conto belamente triste, cuja adaptação tocante merece estar em primeiro lugar dessa lista.


~*~

Espero que tenham gostado!

32 comentários:

Iza disse...

Adorei sua listinha, fofa. Gosto muito da Bela Adormecida, tanto em filmes, peças de teatro e no balé. Ai, ai como eu amo ballet, estou cada vez mais apaixonada por esta arte de expressão.
Beijos e baita semana pra ti <3

vintageiz.blogspot.com

Felisberto Junior disse...

Olá!
Boa noite
Tsu
Bem?
de sua lista , não conhecia, nem original, nem adaptado pela S.Duvall, a número 5, O menino que saiu de casa...e nem a 6, A princesa e a ervilha.
Realmente,um grande "cast" de atores e atrizes, Christopher Reeve, Vincent Price,Liza Minelli, Cristopher Lee e até o Alex de Large da Laranja...interessante mesmo!
Belo compartilhamento que me trouxe até lembranças boas.
Obrigado pelo carinho
Boa semana
Beijos

Eilan disse...

Muito legal! Conhecia a maioria dos contos mas nunca tinha ouvido falar nesta série... Vou procurar pra baixar.
Sou fã destas adaptações com contos de fadas, incluindo Once Upon a Time e Grimm.

Ah sim, respondendo sua pergunta, foi sim por conta de um rompimento que entrei em crise.Era um relacionamento de 5 anos com um final bem conturbado...:(

Bjos,

Eilan

http://borderline-girl.blogspot.com.br

† Catarina Lazzaris † disse...

Nossa, muito legal fazer essa comparação! Adoro ver filmes mais antigos e ver o modo com que eles conseguiam os "efeitos especiais".

Valquíria Paula disse...

Legal...

"O menino que saiu de casa para saber o que era o medo" me lembra minha infância, meu irmão mais velho me contou essa estória uma vez, parceladamente e eu nem lembrava mais disso, seu post me trouxe essa recordação. Interesante essa série, já assisti na Cultura uns dois episódios em dias de folga.

Bjus e até a próxima!!!

http://palavrasdevalquiria.blogspot.com.br/

Alice Aguiar disse...

ah gente que legal. alguns dai eu nao conhecia nessas versoes, curti
com certeza a pequena sereia *-* merece o primeiro lugar

Andre Mansim disse...

Oi Tsunãmica!
Menina, eu conheço quase todos esses contos, mas não os ví nesse programa da Cultura. Deu pra sentir a magia que vc sentiu ao escrever. Hahahahahaha poarabens Tsu!

Rubi disse...

Ahh Tsu! Que post nostálgico. Eu me lembro vagamente do programa, mas tenho quase certeza que cheguei a ver alguns contos... (só não me lembro quais).

Então; o bom é que eu nem preciso pegar ônibus pra trabalhar HAHAHAHAHAHA Essa é uma grande vantagem. Sobre a atriz, não... não é a mesma. Aquela que você falou do filme Cleópatra é a Claudette Colbert; mas sabe que... olhando assim, até que lembra mesmo!

Entendi. Uma mudança significativa, não?

Entendo! Eu descobri por acaso, acredita? Porque eu gosto bastante do cinema europeu, e um dia desses vi uma animação (aquela nova adaptação russa do conto) e fiquei curiosa. Pesquisei na internet e descobri a primeira versão... assisti, gostei... e postei no blog.

Me lembrou também! Seria incrível reviver aqueles tempos, não? Um sonho, praticamente HAHAHA

Beijos!

Bruno Müller disse...

Oi Tsuu!! Adorei sua lista (à propósito, obrigado por ter me citado, huehue). Concordo com a maioria dos que você listou, acho que se eu fosse fazer um Top 7 dos episodio do Teatro... acho q incluiria Rapunzel, A Bela e a Fera, João e o Pé de Feijão, Pinóquio e João e Maria. E com certeza os já mencionados por você O Flautista de hamelin, O menino q não sabia o que era o medo, A pequena sereia, A princesa e a ervilha etc com certeza figurariam em minha lista.
Agora, só uma correção: Christofer Lee já interpretou sim personagens não vilões. Em alguns filmes da Hammer fez o papel de mocinho, como do Bodas de Satâ (1968) onde é o herói da história. Mas realmente a maioria dos seus papéis era de caras maus, haha. Parabéns pelo post, abraçooo!!!

Eduardo disse...

Oi Tsu!
Bem que a Cultura poderia reprisar essa série! Deveria ser muito legal!
É uma pena eu nunca ter assistido, mas vou procurar os episódios para baixar :D
Não acredito que até o Malcom McDowell participou! Gente...

Sim, só na correria :D
Você deveria fazer, Tsu! É muito gratificante e interessante quando você lê depois!
Cotuca é a abreviação de: Colégio Técnico da Universidade de Campinas, mas é um nome bem sugestivo.
Quem organizou a Antologia Literária foi o Christan V. Louis...
Vou esperar o TCC acabar de vez aí eu terei um bom tempo para aproveitar os animes, inclusive CDZ, já que tem tantas referências á mitologia grega, por que não assistir?
Fica esperta, Tsu, o resultado sai nessa sexta!
bjs

Léty Hyuuga disse...

Oi, Tsu!
Liiindoooo! Simplesmente maravilhosa, essa série. Eu era bem pequena quando assisti, mas tenho lembranças da maioria delas - especialmente a da "Pequena Sereia". Me veio uma nostalgia incrível, lendo essa sua lista e vendo as fotos. Adorei. =)

Asuhausauhsuahsa, aquele Cosplay ficou lindo, mesmo!
Realmente, a gente tem várias opiniões do tipo "quebra pau" em comum, né? Asahsuhausaahsuasa!
Bjinhos.

Ricky Oz disse...

Oi Tsu!
Muito legal o tema que escolheu, mas senti falta da Branca de Neve cadê a mais (foda) bela princesa do reino?
Curti o fato do 'Superman' ser o príncipe da Bela, que pelo visto só dorme na história dela... hahahahha

Beijos!

Cassie disse...

Oi!
Nossa, esse seriado é um clássico! Lembro que uma vez vc comentou comigo e eu busquei alguns capitulos para ver pelo Youtube...apesar dos efeitos bem ultrapassados, é um puro teatro e a escolha dos atores fica sempre ótima.
Como fã dos contos de fadas e que abordem as coisas de forma mais adulta, adorei essa série. Mesmo não sendo tão adulta tem algumas coisas lá que é realmente bem com duplo sentido.
O episódio que mais gostei é do Winky van Ricklen (ou algo assim) que é dirigido pelo Coppola!
bjs

Gabi Berti disse...

Eu voltei TSU!
Eu também achei clientes para você! Como eu amei o meu caderno fiquei espalhando por todos os cantos do mundo, então muita gente se interessou (minha mãe falou que terá novidades) ><
Ah! Eu já assisti o da Chapéu, faz muito tempo, mas me lembro. Muito interessante a postagem!

Beijos!

Sora-Chan disse...

Oi Tsu, Tudo bem? :D
Eu acho Mirai Nikki um anime bastante engraçado na verdade xD tá bem que tem a Yuno com o seu jeito possessivo mas na verdade acho piada ao facto de com tanto rapaz interessante no mundo ela olha para o parvo do Yukki que está sempre a choramingar e não quer conviver com ninguém com medo de se magoar xD ora isso no mundo real seria incrivelmente impossível xD
Concordo contigo, a Yuno faz me lembrar aqueles casais que proíbem o outro de fazer o que gosta e provavelmente é por serem uma cambada de virjões que eles querem uma namorada assim como a Yuno. Eles sabem lá o que é ter alguem controlador e possessivo xD só estão a pensar numa coisa (a gente sabe bem o que) e depois nem pensam como é que seria o resto xD.
A Minene e o Akise são de facto os meus personagens preferidos! Adoro a reviravolta na Minene, ela começou como uma terrorista sem coração nenhum e acabou como o um grande pilar no anime, sem ela o anime não seria o mesmo, seria a mesma coisa como o The Walking Dead sem o nosso adorado Daryl \(ÒwÓ)/
Eu também acho que é possível conciliar tudo tanto que é por pensar o mesmo que vou tentar, gosto muito do meu blog para desistir dele, apesar de tudo ele já tem 2 anos e meio *o*
Own tadinhos quem abandona uns animais tão queridos...eu não era capaz. Já vi que a tua casa tem sempre animais :) a minha também, acho que uma casa sem um animal é uma casa vazia, eu neste momento tenho a casa atolada de animais já não tenho mesmo espaço para mais um xD cães, gata, coelha, uma caturra xD
Irei conhecer São Paulo assim que possa :D sempre tive o sonho de viajar >.< irei eventualmente passar no Brasil um dia. Bem Portugal também não tá assim tão diferente do Brasil, acho que neste momento nós somos um mini Brasil para dizer a verdade, mas ao menos o Brasil está em desenvolvimento segundo o que ouvi dizer, Portugal parece que está a retroceder -.-
Ao menos vocês viram-no uma vez =o eu estou aqui a roer-me de inveja, eu nem imagino a minha cara se encontrasse alguém parecido com o Johann xD

Bjo Tsuuuuu!
http://osuwarii.blogspot.pt/

disse...

A Cultura é ou não é o melhor canal da TV aberta?
Mesmo assim, não conhecia a série. Fiquei muito interessada depois de ler a lista, em especial por ver que as lindinhas Lee Remick e Pam Dawber (adoro ela em Mork & Mindy) protagonizaram episódios.
Beijos!

Cecília Romeu disse...

Tsu (Pri), tudo bem com vocês?
Mandei pelo faceb. um beijão para a Edna de dia das mães, mas acho que você não leu, então fica aqui mais um beijãoooooo, tá bom? :)

Nunca fui muito fã de interpretações de contos de fada, apenas desenhos animados, isso desde minha infância, sei lá por que..., mas o Crhistopher Reeves como príncipe..., era de se pensar né? Saudades dele.
Fora isso, conheço todos esses contos, e claro, me deu certa curiosidade em assistir, mesmo que não seja bem do meu agrado, apenas para ver como eles interpretam, como são os cenários também.

Beijão e te cuida, tá bom?

Taffie disse...

Excelente seleção! Lembro dessa série quando era pequena, passava na Cultura..achava super legal..muitos dos contos eu sequer conhecia. Mas com certeza o que mais me surpreendeu foi o da Pequena Sereia pq antes só conhecia do desenho da Disney e ver que a versão original é mais triste me deixou surpresa rs.
bjs

Yumiko disse...

Migaaa!!
Eu vi esse artigo em primeira mão!! (E se não fosse eu vc ia ter que digitá-lo tudo de novo hohohoho')
Não conheço a série, mas sou uma amante dos contos de fadas em todos os sentidos. Tanto os da Disney quanto os realistas e cruéis dos irmãos Grimm. Quem sabe num futuro, quando eu tiver tempo (acho que vai ser difícil) eu veja essa série.
Estou doida pra essa faculdade terminar. Eu não aguento mais.

Comece logo o OVA de Hellsing menina.. o Alucard é tudo de bom aushuahsuahsuh O melhor que é o mesmo dublador.. que voz máscula é aquela *_* eu vi o último episódio antes de começar a ver Code Geass... Gente.. cada vez mais amando o Alucard tesão! aushuashuash Ele é o meu tesão aushuashuah E mencionando Code Geass, tá muito legal, não assisti muito como você bem sabe, mas tá muito interessante. Os personagens tem um traço lindo e a história tá legal pra caramba. Quando do Lelouch matou todo mundo, fiquei boba... achei q ele ia ser meio bonzinho... vou esperar pra ver, né? Do nada ele fez aquela cara de mal e pensou "Eu tenho o poder!!!" aushauhsuas medo!

Eu estou com pilhas de livros e mangás para ler. Eu tive que me adaptar a ler no ônibus, se não fosse isso ia ter uma pilha descomunal no meu guarda-roupa kkkkkk ou talvez não, pq minha mãe num ia ter deixado eu comprar T_T... Terminei Assassin's Credd e só pra te aguçar, é foda!! Altair é o cara! Eu me apaixonei pela história dele, tanto que pedi meu irmão pra instalar o jogo pra eu jogar de novo, agora com um olhar diferente. Mas também, ele foi o Mestre e o primórdio de tudo! Sem contar que ele tem a mesma cara do Ezio, então ele não é nada feio, só não é o pegador que o Ezio era aushuahsauhs acho que foi isso que me fez apaixonar ainda mais por ele *_* Eu quero o Altair pra mim... e o Ezio... e o Connor... aushuashuahs Pq eles tem que ser tão fodasticamente fodas? T_T

Minina, nem fala em Monster.. além do site que achamos e de estarmos FAMOSAS (chupa mundo!!!) essa página de Monster da depressão vai nos render bastante risadas eu aposto. xD Já está nos rendendo, né? Só nos fica aguçando a ver o anime de novo aushaushaush mas a gente tá lendo o mangá então fica um pouco mais de boas... Eu vejo uma cena ou outra de vez em quando pra pegar aquelas imagens do "Seria uma pena se..." Dá pra matar a saudade. Do Tenma e do Johan *_*
Vai tendo mais ideias ai, heim... auhsuahsu vamos fazer essa page ter sucesso!

Beijoos miga!

renatocinema disse...

Amiga estudando história descobri que esses contos, fontes da Disney, são muito mais amplos do que imaginamos.....se puder tente ler o livro O Massacre dos Gatos, você irá descobrir o mundo dos contos. kkkk

abs

Tsu disse...

Oi Iza!
Valeu por curtir o Top 7^^. Os contos de fadas tem todos uma magia especial mesmo.Você pratica balé? Certamente já viu então o filme Csne Negro? *.*
bjs

Oi Felisberto!
Tudo bom? Desculpa a demora em aparecer de novo por aqui...
Enfim por aqui está tudo certo, ainda bem ^^ Espero que continue assim.
O Teatro dos Contos de Fadas reuniu tantos oscontos bem cnhecidos quanto aqueles pouco conhecidos. Eu nao conhecia o do Menino que Saiu de Casa, mas o da Princesa e Ervilha sim, pois é um conto de Hans Christian Andersen.
O legal da obra de Duvall é isso..pegar atores e atrizes da época...creio que muitas vezes me surpreendi quando me deparava (destaque para o McDowell e o Reeves).
Enfim..uma boa semana pra ti!
bjs

Olá Eilan!
Essa série do Teatro dos Contos de Fadas é pouco conhecida, masd foi exibida na Tv Cultura na década de 90....lembro que não perdia nenhum capitulo rs. Não faz muito tempo consegui a série em dvd, baixando mesmo..mas acho que os capítulos estão disponíveis no Youtube.
Sobre seu caso..nossa jamais imaginei que alguém poderia ficar nesse estado por conta de um cara ou uma paixão...eu sou o tipo de pessoa que se recusa a gostar demasiado de alguém rs.
Mas espero que agora vc tenha superado e aprendido que sofrer por uma pessoa não vale nada o/
bjs

Oi Catarina!
Essa série dos contos de fadas é interessante...segue al inha como se fosse uma peça de teatro então os efeitos são bem simples..mas fica legal do memso jeito!
bjs

Tsu disse...

Oi Valquiria!
Eu conhecia a história O menino que saiu de casa para saber o que era o medo por esse seriado da Shelley Duvall e posso dizer que é um dos melhores capitulos. Bom se vc quiser dar uma olhada tenho um artigo no blog sobre a série em si: http://empadinhafrita.blogspot.com.br/2012/04/o-teatro-dos-contos-de-fadas.html
bjs

Olá Alice!
Ah esse seriado dos contos de fadas é interessante..bom aqui tem um artigo que fiz sobre a série, creio que vai gostar: http://empadinhafrita.blogspot.com.br/2012/04/o-teatro-dos-contos-de-fadas.html
bjs!

André o/
Nossa, como vc nunca viu o programa do Teatro dos Contos de Fadas? Certamente acharia alguns pontos bem interessantes...essa série marcou minha infância na tv Cultura e agora consegui todos os capítulos em dvd! o/ É bem nostálgico...e agora, como adulta, vejo detalhes no roteiro que passam despercebidos para as crianças.
bjs

Oi Rubi!
Eu acho que vc deveria fazer um post no seu blog sobre Teatro dos Contos de Fadas...tenta ver a série, tem no youtube.o legal é que tem a participação de muitos atores e atrizes conhecidos.
Caramnba! Entao tás bom assim, emprego que vc volta rapidinho pra casa^^ No que está trabalhando?
Bom sempre estou tentando algumas mudanças..raramente dá certo mas não custa tentar hohoho.
Eu acho que A Rainha da Neve é uma obra que dá para paroveitar de diversos jeitos..no filme que te falei as personagens centrais são um casal de namorados e aparece também uma feiticeira para cada estação do ano. Ainda faço uma resenha sobre esse filme.
bjs

Tsu disse...

Oi Bruno!
Quanto tempo, não?
Demorou, mas eu fiz a lista do Contos de Fadas, que nós conhecemos tão bem! Ah eu citei vc no post pq tu tinha feito a postagem sobre a obra que reativou minha memória e me fez correr atrás dos capítulos para baixar. Eu fiquei em dúvida para escolher os 7 e também gosto muito da versão da Branca de Neve, João e Maria (medo desse kkk). Acabei dando créditos para A Bela Adormecida por conta do Cristhoper Reeve. Confesso que me deu um aperto no peito quando o vi e lembrei do destinmo trágico que ele teve.
Poxa é memso! Muito obrigada pela correção sobre o Cristopher Lee! É que todos os filmes que vi dele era sempre vilão e lembro que uma vez o convidaram para ser o Dumbledore em Harry Potter e ele recusou por preferir fazer vilões.
bjs!!!

Edu o/
Tudo certo contigo?
Parabéns pela promoção. Eu já estou elaborando o bloco de notas para a vencedora, assim que ela aprovar entro em contato contigo acerca do pagamento para depois mandar par ela.
Sim..Malcom McDowell tá irreconhecível de Lobo Bau no Contos de Fadas mas tem hora que ele olha no espelho que tem e encima deste tem um chapéu côco =p.
Eu vou escrever uma carta desse tipo para ler depois mas não sei se ao ler daqui 5 anos isso me deixará fleiz ou triste porque não conseguia realizar as coisas que pensei que realizaria kkk.
Sabe, eu pensei que teria mais tempo agora que estou de boa, á fim de agilizart as coisas que tenho pendentes mas...não consegui fazer quase nada! Preicso me auto chibatar para ver se tomo jeito kkkk;
bjs

Oi Lety!
Acho que muita gente curtiu a infância com a excelente programação da Cultura na década de 90. Aprendi muita coisa e lembro que o Contos de Fadas era a última coisa que via no periodo que assistia á tv. SDá pra pegar os capítulos no youtube de boa o/
Menina, a nossa opinião quebra-pau é tenso para os outros. Eu sou tão racional que até minha psicóloga acaba concordando com minha opinião e não consegue rebater...agoa ando indignada com o povinho que se apaixona do nada e sem planejar já vai se juntando..isso sempre dá merda, o povo não pensa @_@
Mas nos falamos melhor pelo face.
bjs!!

Tsu disse...

Oi Lety!
Acho que muita gente curtiu a infância com a excelente programação da Cultura na década de 90. Aprendi muita coisa e lembro que o Contos de Fadas era a última coisa que via no periodo que assistia á tv. SDá pra pegar os capítulos no youtube de boa o/
Menina, a nossa opinião quebra-pau é tenso para os outros. Eu sou tão racional que até minha psicóloga acaba concordando com minha opinião e não consegue rebater...agoa ando indignada com o povinho que se apaixona do nada e sem planejar já vai se juntando..isso sempre dá merda, o povo não pensa @_@
Mas nos falamos melhor pelo face.
bjs!!

Oi Ricky!
Como está? Tudo certo?
É..pelo visto eu ando sendo uma pessima blogueira, enrolando a novidade e demorando para atualizar...acho que sou um caso sem solução mesmo, rs.
Enfim...eu não coloquei na lista o da Branca de Neve mas também gostei da adaptação do seriado, com detalhe parao destino da rainha. Até que a Bela Adormecida aparece, mas depois fica dormindo...o destaque é para o príncipe "eterno superman".
bjs!

Cassie^^
Sim, os efeitos podem ser bem ultrapassados memso para a época mas isso advém do orçament oe também da intenção dos produtores em deixar tudo mais teatral. Sim, a versão do Dorminhoco é bacana e tem o toque do Coppola que lembra muito o Drácula de Bram Strocker que ele dirigiu, em termos de visual com foco em tons vermelhos.
bjs

Oi Gabi!
Nossa, tudo bom contigo? Fico imensamente feliz e satisfeita em saber que adorou o caderno! Procurei achar as melhores imagens do Kiba ^^. E fico ainda mais fleiz pelo que me disse, que mais pessoas se interessanram! Peça para que entrem em contato, agradeço muito!
Quanto ás novidades do blog, de fat oestou preparando. ASão simples, mas também personalizados. Pretendo divulgar em breve, assim que conseguir ajeitar os últimos detalhes. Espero poder contar com sua presença no blog mais vezes!
bjs

Tsu disse...

Oi Sora!
Ah fico feliz em saber que não abandonou seu blog e que está comentando o/ Sabe, gosto dos assuntos que temos em comum e você é a primeira e única pessoa que converso que mora em outro país ^^.
Bom eu nã oclassifico Mirai Nikki como engraçado...mas acho que o autor quis expor o tipo de pessoa doentia que é bom manter distância (no caso a Yuno) mas ela caiu nas graças do público. Aqui tem um monte de guria retardada que diz querer ser como a Yuno...não sei se elas são piores ou os virjões que dizem querer ter uma namorada como a Yuno. Ah se ambos soubessem como é a realidade da vida num relacionamento , rs. O Yuuki é um tonto, o que ele merecia é que o Akise desse uns pegas nele de verdade pro garoto acordar.
Nem me fale em The Walking Dead..esperar até outubro para ap róxima temporada ;_; Estou tentando convencer a minha mãe a assistir comigo..ela não gosta do tema mas outro dia viu a propaganda e ficou interessada. E sei que ela via gostar.
No meu ap^re eu não tenho nenhum animal e nem quero ter..agora os cães e gatos minha mãe tem no sitio do meu padrasto. Eu gosto mas acho que não seria bom ter um em casa, ainda mais no apartament oe também cada vez menos quero ficar muito apegada nas coisas..sei lá motivo próprio meu.
Eu tenho vontade de viajar para muitos lugares...mas seria legal vc vir em SP..poderia te levar á um evento otaku daqui...não são como os da Europa mas são bem divertidos!
Olha não sei o que falamdo Brasil aí mas aqui não é essa beleza de desenvolvimento não. Só se for desenvolvimento da impunidade de criminosos, banalização da violência e falta de leis decentes e punitivas. Agora comçeou uma onda de estupros coletivos no Rio de Janeiro, virou moda...quero ver isso na Copa, muito gringo vai acabar se ferrando, iludindo com as favelas que eles acham que são uma maravilha ¬¬. Vai lá grigada, vai lá subir o morro para pegar droga no baile funk...vai lá para nunca mais voltar.
São Paulo nesse ponto pelo menos tá melhor o/
bjs

Olá Lê!
Com certeza a Cultura foi o melhor canal de tv abnerta, principalmente na década de 90, com esses clássicos que marcaram a infância e ensibaram tantas coisas...as crianças de hoje jamais terão as vantagens da nossa geração. Nossa, filosofei agora, rs. Os capítulos de Contos de Fadas tem no Youtube é só procurar! ^^
bjs

Tsu disse...

Cissa o/
Tudo bom? Desculpa a demora em responder!
Por aqui está tudo certo e por ai?
Ah minha mãe agradeceu e também tem anda um beijão de Dia das Mães embora bem atrasado rs. É que estou numa correria..justo quando pensei que ficaria mais sossegada não consegui sequer fazer metade das coisas! Como isso é possivel?
Eu sempre curti muito Contos de Fadas e gosto de ver diversas versões...sem dúvida essa série da Shelley Duvall fez parte da minha infância e quando revi depois de adulta adorei reconhecer os atores, atrizes e demais referências. E o Christopher Reeves estão tão lindo! Aviso que a produção é bem simples com efeitos toscos mas acho que grande parte disso é proposital para manter a aparência de teatro.
bjs!

Oi Taffie ^^
O da Pequena ASereia certamente surpreendeu todos aqueles que só conheciam a história por conta da versão da Disney!
bjs

Oi Renato ^^
Ah eu também sei sobre a verdade dos contos de fadas..tem versões que nos deixariam, literalmente, traumatizados rs.
bjs

Tsu disse...

Yumiko, amiga!!!
Tuso bem com vc? Deve estar um trapo nessas semanas por conta da facul e do estágio né? Mas não deixa isso te derrotar! Vai com força que logo tudo isso acaba e você estará livre! /o/
Ah então somos 2 amantes de contos de fada né! Gostmaos tanto das versões clássicas quanto das versões underground hohohoh. Bom se vc quiser, posso gravar a série do Teatro dos Contos de Fadas...tem alguns capitluos que são emi ochatos mas alguns que são legais e meio nostálgicos com base no cenario e efeitos bem estilo teatro simples mesmo. Eu entendo muito bem essa falta de tempo. Me parece que agora você está sobrecarregada com o trampo do tipo que eu estava tempos atrás...olha só parece que fazemos revezamento não? O pior é que eu pensei que agora que estou mais de boa no trampo iria conseguir fazer as minhas coisas, agilizar tudo o que tem pendente mas..não estou conseguindo!!!! Parece que tá na mesma situação! Acho que preciso me auto-disciplinar rs.
Ai eu queria ver o OVA de Hellsing logo mas to deixando e eixando..comecei a rever os filmes do Harry Potter mas a semana passa tão rápido mesmo não estando no trampo. Sem falar das ocisas que preciso escrever...o blog parece mais abandonado do que quando eu trabalhava! hohohoh. Droga, não era para mim rir dessa situação mas sim me lamentar ¬¬.
Legal que Code Geass está atraindo seu interesse. Os personagens sã obem interessantes e a trama tem um ritmo bom. O Lelouch pelo menos mantém a humanidade dele durante toda a série, o que não aconteceu com o Raito por exemplo. Mas Code Geass tem muitos personagens, logo aparecerão outros e vc vai se envolvendo mais e mais na trama. E você fala de mim com a obsessão pelo Loki mas tu tem obsessão pelo Alucard hahsahshas.
Bom eu to com tempo de ler mas ultimamentem inha vista anda meio cansada..talvez precise usar óculos não sei. Eu agora tenho de parar de comprar livros pq senão só vai acumular. E vou ter que comprar um celular novo...o meu da Vivo já era. Transferi o chip para o cel que era da Tim e fiquei sem o cel da Tim. Ninguém merece!
Bom eu to lendo o livro do Altair e no começo achei meio confuso mas vamos ver como segue..quero ler agora a trilogia de Jogos Vorazes que imprimi e encadernei antes de sair da gráfica. Ah e por falar em gráfica logo vou ter novidades de coisas pra vender no blog, acho que tu vai gostar!
Personagem de game eu gosto mesmo é do Leon...hohoh Mas também né..naquele segundo filme que a gente assistiu ele tá um arraso! Faz tempo que não falamos dele, tadinho.
HOHOHO somos famosas com nossos cosplays de Monster miga *.* Já imaginou se um dia o Naoki Urasawa vê os nossos cosplays e deixa um comentário elogiando? Poderíamos morrer feliz hohohoh.E agora temos que promover ainda mais o nosso cosplay, fazeer uma nova sesão de fotos (com o Obluda tá?)...sem falar da page de Monster..altas idéias hein? E a idéia daquela minha fic polêmica de Monster nunca sai da cabeça rs. Um dia..um dia a escreverei. Eu acho XD.
Ah e eu quero tirar fotos contigo de Tykk tesão! hohohoh. Vc conseguiu passar na costureira para ver o da Arlequina? Esse ano parece que vai ter grupo cosplay no AF de Hellsing. Pena que vc não tem seu cos da Yumiko ainda...pq heninkel sem Yumiko não dá! o/
Força ai, logo esse estágio acaba!
bjs

Mariana Siqueira disse...

Oi Tsu! *-*'
adoreeei esse post, também sinto saudade desses contos que passavam na Cultura @@

ameeei e vou rever todos!
mil beijos

Mari Siqueira
http://o-amor-em-poesia.blogspot.com

<3

Mayara Caparroz disse...

Olá, Tsu!

Ora, ora, mais que lindas essas princesas! Achei uma gracinha, porque eu realmente adoro filmes antigos. As histórias de contos de fadas, contadas dessa maneira, se parecem com a realidade *--*
Adorei a sua visita no meu blog! Vou adicionar o Empadinha Frita na minha lista de parceiros, ok?

XoXo ^^

Mayara,
http://aterradeninguem.blogspot.com

Tsu disse...

Oi Mayara, tudo bom?
O Teatro dos Contos de Fadas é uma obra bem interessante, que eu recomendo. Pois embora seja uma produção singela e coisa e tal, conta com atores e atrizes bem famosos, além de diretores. Aqui tenho uma resenha sobre aobra, se qusier ver:http://empadinhafrita.blogspot.com.br/2012/04/o-teatro-dos-contos-de-fadas.html.
Opa vc tem um banner de divulgação para eu colocar também na lista de parceiros no meu blog?
bjs

Lady Aricia disse...

Hello Tsu-san, tudo bom?^^
Sorry a demora em retornar aq no blog, mas eu voltei-o//
E eu não queria perder uma postagem com um dos meus temas favoritos.
Concordo plenamente quando disse que contos de fadas não são só para crianças. Eu não fui da época do programa, mas lembro de ter visto um parecido quando pequena, na Tv Cultura msm.
Acho o conto da Bela Adormecida tão lindo!!- um dos clássicos de gerações. E esse Christopher Reeve também é lindo né?- deveria ser um príncipe e tanto... Até imaginei o olhar hipnotizador dele com a Bela Dorminhoca!! *--* E ela tbm é linda né.
Háaa eu lembro do conto da Princesa e a Ervilha, nostalgia, apesar deste ter sido um dos contos q tive pouco contato, mas estou curiosa sobre, quero baixar esses eps!!-e a princesa e o príncipe são lindos né, tais como seus papéis.
"O Menino que Saiu de Casa para Descobrir o que era Medo"- uau... um conto q eu não conheço, nunca ouvi falar. Mas fiquei muito curiosa a respeito, principalmente pq acho super legal cinema mudo, por ter uma pitada de terror, humor negro, fantasmas eu tbm gosto!!, mas oq mais me interessou foi o castelo assombrado, eu adoro castelos, palácios, igrejas de todos os períodos antigos, eu amo construção antiga!!-e adorei a gárgula da foto ^,~
E siiiiim eu já vi msm essa série, acabei de lembrar bem nas fotos da Chapeuzinho Vermelho. E nossa q surpresa!!-nunca esperaria q o Alex estivesse presente na série... li a frase duas vezes kkkkkk, e sim, está irreconhecível. Eu sempre tive dúvida a respeito da Chapéu ser criança ou estar na puberdade, mas todas tem a msm lição de moral. Lendo sobre o conto por ai descobri algumas coisas sobre, mas não sei se são verdadeiras ou falsas.
Tbm não vi a Rainha da Neve, mas acho q já vi em outros contos parecidos, e ela é linda né, e parece q o mais legal é a diversidade do conto que mencionou, desde infantil, adulto, místico-o//, e sensual. Gosto de histórias q podem ser interpretadas de várias formas, acho isso muito legal.
O Flautista de Hamelin é misterioso, e o flautista tem bom gosto pra roupas apenas por vestir vermelho. Sem contar que amo o período medieval- principalmente pela vestimenta. Concordo que a história é realmente interessante, em algumas outras versões que eu li diziam que na tal caverna as crianças eram vítimas sexuais dele, e em outra dizia que ele hipnotizou as crianças como os ratos e as fez se afogarem no mar também. Mas as versões que eu via quando pequenina todas diziam q ele devolvia as crianças.
Nossa, adorei q o conto da Pequena Sereia ficou em primeiro lugar do top, eu gosto muito desse conto, é realmente muito belo apesar de triste. Mesmo gostando muito da versão da Disney, ainda gosto muito também da versão original, é mais dramática e tem ainda mais fantasia. E apesar do final da versão original ser triste, quando ela vira espuma do mar, eu gosto bastante dessa parte, por ser a mais dramática, também quando ela sente dores nos pés a cada passo como se fossem facadas, além de perder a voz, isso torna a ela uma grande jornada atrás do amor dela, mesmo depois tudo isso sendo em vão.
Parabéns pelo top 7!!, realmente ficou muito bom^ ^ e me despertou vontade de ver os eps, mas não quero baixar, vou ver se encontro online.
Bjbj, até a próxima postagem-:*:*

Tsu disse...

Oi de novo, Aricia!
Caramba, estou impressionada com o seu comment no Teatro dos Contos de Fadas..acho que não teria muito o que acrescentar mas vamos lá!
A TV Cultura chegou a represar os programas..se vc quiser ver creio que dá pra achar fácil no Youtube...procura lá!
O ator Cristopher Reeve foi o SuperMan nos filmes antigos...e ele também foi um Super Man na vida real. Ele caiu de cavalo e ficou tetraplégico..passou anos nesse estado e mesmo assim aceitou servir de cobaia para tratamentos que pudessem melhorar o estado de pessoas na mesma situação que ele. Reeves chegou mesmo a fazer uma participação especial em Smallville, um verdadeiro tributo ao verdadeiro SuperMan. Até hoje muitos bonecos do SuperMan são feitos com base no rosto dele. Ele já faleceu mas será eternamente lembrado.
O conto da Princesa e da Ervilha é pouco conhecido mas na versão desse programa ficou muito divertida. Já do Menino que Não sabia o que era o medo..bom tenho certeza que vc vai achar interessante..apesar dos efeitos bem ultrapassados ficou criativo e o visual é bem gótico. Tem até o Cristopher Lee, ator conhecido por no passado ter intepretado o Drácula muitas vezes.
Bom o conto original da Chapeuzinho Vermelho não explica a idade dela mas o foco dos irmãos Grimm foi de alertar as moças: sejam aquelas pré-adolescentes ou mesmo jovens adultas. A lição dem oral do conto original em forma de rima é bem legal mas não lembro como era.
A Rainha da Neve é um dos contos que mais gostei..tem um filme que abrange esse conto de forma interessante futuramente farei uma resenha sobre.
Exatamente! Na história do flautista conheço todas essas versões que vc falou mas provavwelmnte todas são originais..a diferença de cada uma deve ser por conta da época em que foi sendo contada...mas independente de qual, é um conto meio macabro rs.
E a Pequena Sereia..bnom é uma história linda e triste u.u..li o original mas gostei das adaptações que deram mais profundidade ao sentimento dela. Que no original a sereia não tem seu nome mencionado.
Muito obrigada por ter gostado do top 7! Fiquei imensamente feliz com seu comment!
bjs

Confira Também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...