20 de ago de 2011

Monster - anime


"Vi, então, levantar-se do mar uma Fera que tinha dez chifres e sete cabeças; sobre os chifres, dez diademas; e nas suas cabeças, nomes blasfematórios. A Fera que eu vi era semelhante a uma pantera: os pés como os de urso e as faces como as de leão. Deu-lhe o Dragão o seu poder, o seu trono e a sua autoridade. Uma das suas cabeças estava como que ferida de morte, mas essa ferida de morte fora curada. E todos, pasmados de admiração, seguiram a Fera e prostaram-se diante do Dragão, porque dera o seu prestígio à Fera, e prostaram-se igualmente diante da Fera, dizendo: “Quem é semelhante Fera e quem poderá lutar com ela?”
**passagem bíblica referente á chegada do AntiCristo**

Uma das obras mais sofisticadas e complexas já desenvolvidas em mangá e anime, Monster irá mudar para sempre seu conceito sobre quadrinhos e animação japonesa.

Criado por Naoki Urasawa, Monster é uma obra seinen (gênero de mangás direcionado ao público adulto masculino) iniciado em 1994 e finalizado em meados de 2001. O mangá conta com 18 volumes (no Brasil foram publicados alguns volumes pela editora Conrad - que suspendeu a publicação devido á falência da editora. Mas o mangá voltou a ser publicado, desde o início e na íntegra pela editora Panini, tendo uma qualidade excelente) e uma excelente série em anime com 74 episódios produzida pelo conceituado estúdio Mad House e tendo a caracterização feita por Kitaro Kosaka.

Tanto o mangá quanto o anime seguem a mesma linha, acontecimentos, informações e desfecho. O anime, porém, conta com capítulos que não possuem conexão direta com o enredo principal, mas possuem ligações com o mesmo.

Monster é algo totalmente diferente do que estamos habituados em ver nos animes - de verdade. É tão realista em personagens, cenários e fatos históricos que em certos momentos acreditamos estar assistindo á uma série policial com atores de carne e osso. Não há nessa obra espaço para clichês, romances açucarados, otimismos, lições de moral e coisas do tipo. Não há cenas de humor, tampouco expressões comuns em animes. Monster é uma obra focada no psicológico, um suspense capaz de intrigar e nos envolver de uma forma anormal. É absurdamente real e tangível, com personagens convicentes em suas personalidades e motivações.

O enredo se passa na Alemanha, tendo início no ano de 1986. Nessa época (e um pouco antes - através de flash-backs e depoimentos ao longo da trama) houve a queda do Muro de Berlim que tornou a unificar a Alemanha Oriental e Ocidental e os fantasmas do nazismo ainda eram presentes. E, como toda guerra, suas consequências sempre estariam presentes, tomando novas formas.

E é com base nisso e uma árdua pesquisa (tanto em termos de cronologia histórica e tendências sociais quanto na réplica de cenários e detalhes de cidades) realizada de forma impecável que Naoki Urasawa conduz o seu Monster.


A história se inicia oficialmente no hospital Memorial Eisler, em Dusseldorf. O doutor Kenzou Tenma é um jovem neurocirurgião muito talentoso, íntegro, dedicado e noivo da filha do presidente do hospital, tendo assim tudo para um futuro promissor. Tenma ama sua profissão, sendo um médico muito requisitado para realizar cirurgias de alto risco. E, por ordens do presidente da instituição, ele sempre era obrigado a priorizar os pacientes de "maior importância" para aumentar o status do hospital perante a mídia. Tenma era contra esse sistema, mas via-se obrigado a cumprí-lo se quisesse continuar na equipe de neurocirurgia. Até aquele incidente acontecer.

Um crime hediondo ocorre na mansão Liebert. Os pais foram assassinados, o assassino fugira sem deixar rastros e, em um quarto os policiais encontram um casal de crianças gêmeas. A menina em completo estado de choque e, aos seus pés, um garoto em coma por levar um tiro na testa.

Prontamente as crianças são levadas aos hospital Eisler e Tenma se preparava para realizar a cirurgia que salvaria a vida do garoto quando recebeu a ordem de operar o prefeito que acabara de sofrer um derrame. Dessa vez, honrando sua ética médica, Tenma opta por operar o garoto, deixando o político nas mãos de outra equipe.

A operação do garoto é concluída com êxito porém, o prefeito falece. E começa o inferno na vida do dr. Tenma. O presidente do hospital o acusa de ter desobedecido uma ordem e manchado a reputação do hospital. Aturdido, Tenma desabafa com sua noiva e ela, em vez de ajudá-lo, o critica e despreza. E Tenma conclui que suas chances profissionais acabaram.

Subitamente as crianças gêmeas fogem do hospital e logo em seguida os diretores e o presidente do hospital são assassinados de forma misteriosa e, mesmo sendo suspeito dos assassinatos, Tenma acaba por se tronar o cirurgião-chefe.

Quase dez anos se passam e Tenma descobre, de forma chocante, que o garoto que salvara a vida se tornou um serial killer frio, manipulador e totalmente desconhecido. E ele ainda admite, em um encontro perturbador, que é muito grato á Tenma por ter lhe salvado a vida e, como agradecimento, ele matou todas as pessoas que prejudicaram o médico, o fazendo tornar-se cirurgião-chefe. O rapaz então revela seu nome: Johann Liebert, desaparecendo então sem deixar rastros.


Acuado por mais um assassinato cometido por Johann, Tenma passa a ser considerado um assassino em série e se vê obrigado a fugir na tentativa de provar sua inocência. Para conseguir isso ele precisa encontrar provas de que Johann realmente existe e é o responsável pelos crimes.
Mas isso não será simples. E, á medida que Tenma procura por informações e indícios de Johann, passa a descobrir algo muito mais assustador e perigoso do que poderia imaginar.

 Monster aborda a situação político-social da Alemanha na época em que se passa a história.
Mesclando temas como experiências nazistas, busca pelo poder, marcas de guerra, unificação alemã e orfanatos sinistramente misteriosos, Naoki Urasawa desenvolveu um enredo intrigante.

Monster é violento, mas não de forma física. Não há banhos de sangue e cenas apelativas. Sua violência é sutil, profundamente psicológica. Todos os personagens - sejam eles protagonistas, coadjuvantes ou até mesmo figurantes - são humanos e chegamos a nos identificar com seus problemas e razões. Porém, os protagonistas se revelam pessoas perturbadas mentalmente. Altamente perturbadas. Na demonstração da teoria de que existe um monstro dentro de cada um de nós.

Esta é uma obra que, mesmo sendo um pouco longa, em nenhum momento se torna extenuante. Porque seu roteiro é único. Em cada episódio observamos os personagens em suas buscas por respostas, vingança, interesse, anseio. E sem que percebemos, já estamos envolvidos. Á medida que questões são respondidas e guardadas como informações, novos mistérios surgem, revelando uma rede ainnda mais perigosa e complexa e isso por causa única e exclusivamente de Johann.

Ah, Johann Liebert, o monstro do título. Por mais que torcemos e nos identifiquemos com Tenma, admiremos a gêmea Ana (que sofrendo de amnésia adere a identidade de Nina), fiquemos confusos com a presença da ex-noiva de Tenma, Eva, nos interessemos pelo misterioso Grimmer e nos surpreendemos com a frieza analítica do detetive da BKA, Lunge (que mete mais medo do que qualquer outro personagem), nada se compara á sensação que sentimos perante Johann.

Johann é único. Um psicopata genuíno. Com sua aparência angelical e apática, voz doce e desprovido de qualquer traço emocional, é um eterno enigma, um perfeito resultado experimental. Não é um assassino sórdido, ele simplesmente não sente nada ao matar, não sofre de distúrbios estereotipados padrão de serial killer ficcional. É autêntico de forma assustadora - real e ilusório ao mesmo tempo. Jovem, agraciado com uma habilidade discursiva incomparável ele consegue obter a devoção de qualquer pessoa que desejar - sem excessões. E, por ele, as pessoas são capazes de matar.

Johann Liebert...sim, ele é um serial killer com cara de anjo

Mesmo que sejam criminosos, oficiais, civis ou até crianças, Johann é capaz de, com simples conversas, descobrir os segredos, medos e anseios de cada pessoa, usando então para seu benefício. Inteligente e incógnito, Johann parece sempre inatingível. É impossível não focarmos nossa atenção em Johann quando ele aparece - seu poder parece atrair todos, inclusive o espectador.

Tão intrigante quanto Johann é a ligação dele com sua irmã gêmea, Ana. Ela é a única que parece importar ao rapaz. E Ana se vê lançada novamente ao pesadelo, tendo que se recordar de terríveis e lembranças na tentativa de compreender e recordar-se de coisas que não gostaria. E Tenma, vítima das consequências indiretas de seus atos, junta culpa e vingança. A morte de Johann é o que ele busca mas no caminho existe pessoas que veem Johann como um líder sem igual.

Contar pontos essenciais para se fazer um bom artigo sobre Monster seria entregar informações valiosas sobre o enredo. É o suspense psicológico, o choque das descobertas, a necessidade absurda de respostas, pensar em razões e traçar toda uma linha de raciocínio com base em fatos que tornam essa obra incrível. É uma história policial focada na complexidade da mente humana e seus cotidianos, com um enredo que nos deixa perturbados e ansiosos.

os gêmeos Johann e Ana

Monster é incomparável. Diferente, original, perturbador, viciante. A trilha sonora traduz as sensações ao longo dos episódios e o clima soturno e realista torna tudo tangível. É real e ficcional ao mesmo tempo. Feito para pensar, feito para chocar. Certamente apenas aqueles que sabem identificar uma obra fenomenal entenderão a complexidade psicológica de Monster.

Mais do que recomendado, MONSTER é impossível de ser explicado em uma única análise. Portanto, assista, intrigue-se, pense e vislumbre uma das melhores obras já desenvolvidas.

~*~

52 comentários:

Rubi disse...

Caramba! Fiquei extremamente curiosa quanto a obra. Então quer dizer que foi feita em mangá e anime ? Será que eu tenho facilidade pra encontrar alguma dessas versões na internet ? Pois pelo que escreveu me pareceu bem interessante.

Quanto ao que você disse sobre desenhar/escrever; de fato, tatuagem é um pouco complicado, mas depois que a gente aprende, também é uma terapia. E que engraçado isso que você disse; eu particularmente não consigo escrever um texto muito longo, por vezes me perco no meio da história e acabo deixando de lado. HAHAHAHA

Em relação aos pokemons, tenho que confessar que também gostei da evolução que citou HAHAHA me lembro que na época, comprei até um bonequinho. Bons tempos! Deus Pokemon ? Não sabia dessa; vou dar uma pesquisada.

Bom, quanto ao filme, semana que vem eu vou definir os dias das postagens, daí eu já te falo o dia certinho pra você me mandar, pode ser ?

Beeijos, até mais!

Gabriel França disse...

seu blog está fazendo eu gostar de animes, esse me pareçeu bem interessante e vou ver se compro.

eu adicionei mais alguns erros bem legais lá, passa lá de novo e aproveita e lê a resposta que dei ao seu comentário.

bjs

renatocinema disse...

Curioso pacas para essa leitura.......

Adoro seu site, suas dicas.

Abraços do amigo.....eterno.

♡ Jane dos Anjos ☆ disse...

Ahhhh... PERDÃÃÃÃOOO... eu fiz tanta mudançar no meu blog que esqueci de recoloca seu banner de novo... o.o' PERDOA!! Mais tratei de correr e colocar de novo, pode conferir, eu tinha escolhido vc e outro Blog para permanecer fixos na pagina principal e me esqueci de verdade, é tanta coisa que a cabeça voa... RSrsrsrsrsrs... Mais tarde volto aqui pra ler sua postagem com calma e que vou ver a janta, passei rapidinho só pra pedir desculpas... rsrsrsrsrs... e Sherobingoooooo é lindo mesmo!!^.^

Andre Mansim disse...

Puxa vida Tsunâmica, vc tem que colocar os links pra gente baixar pô! Hahahahahaha, fala tão bem assim da obra e a gente fica com água na boca!

Mais uma bela crìtica! Parabens!

Cassie disse...

Olá!!!!
Ah, finalmente uma postagem sobre o tão comentado Monster!
Nunca havia ouvido falar desse anime até você aparecer toda empolgada no msn me contando sobre ele.
Ai perguntei pra minha amiga viciada em animes se ela conhecia e ela também disse que não conhecia 0.0
Li todo o artigo e posso dizer que a história é mesmo muito interessante...é daquele tipo que faz você ter um monte de teorias e talz...anime cabeça mesmo, pra ver quando se está inspirado!
Gostei muito da última foto, com osdois irmãos...a expressão no rostodeles está....nem sei como dizer, mas adorei.
Mas foi impressão minha ou essa "relação" dos dois irmãos é meio...suspeita? Posso estar imaginando demais desde que teve o caso daqueles meus amigos lá que vc sabe, então começo a formular umas teorias estranhas em qualquer coisa!

Aproveitei para dar uma lida no seu Papo Furado e o pessoal tem razão. A Tsu sabe oq ue escrever mesmo quando não sabe o que escrever. Quem dera se eu fosse assim, aí meu blog não estaria tão abandonado...
E agora vou ler a fic de Naruto! \o/

Mas eu prometo que vou assistir Monster...vou ver se algum amigo meu com uma net melhor do que a minha, baixa os capítulos, conheço um amigo que vai ADORAR essa obra Monster!

bjs

Lulis Paz disse...

Quase morri lendo '-'
mas o jeito como tudo é descrito é fascinante *-*


to te seguindo, quando der segue de vola e comenta :D


www.luliskd.blogspot.com

HONORATO,Sandro. disse...

Tsu :)
Caraca,parece muito foda este anime.
Eu preciso ver este anime,assim como Death Note :)

Beijos Tsu e tenha um excelente final de semana

Criska disse...

Muito interessante esse anime. Parece ter um enredo extremamente complexo e personagens densos. Parabéns pelo artigo.

Dayla Assuky disse...

ah sim, acho q boas história mechem com o cotidiano da gente nos fazendo ver além do que queremos enxergar, amo histórias profundas e sempre com uma pitada de comédia claro...kkkk - nunca vi o anime Angel Beats é sobre o que?

Eduardo disse...

Oi Tsu!
Esse Monster parece ser um anime interessante...
Se ainda publicassem o mangá eu com certeza compraria, me surpreendi com ele...

Dantop♥ disse...

Oii♥
Putz Tsu, esse me deixou intrigada. Sua definição parece perfeita, fiquei doida p ver.
Eu costumo ser de animes Shounnen ou Echii, pq geralmente são legais de assistir e engraçados, mas uma obra complexa é sempre boa, e essa parece ótima!
Vou ver sim [não sei direito qndo, mas vou ver]
Bjos

Manfio disse...

Olá, Tsu! Não sei se lembra ainda do último comentário que tinha feito comigo, afinal, faz duas semanas já que estive afastado devido a probleminhas de saúde LOL (deixar o blog na mão de outros nesse tempo foi como deixar um filho com estranhos rsrs). Mas eu não tinha percebido essa semelhança dos personagens de Code Geass com personagens de animes do CLAMP. Eu achei que fosse do CLAMP também o anime, já que os traços do anime são bem característicos do estúdio.

Quanto ao Monster, assisti já faz algum tempo, na época em que assisti Serial Experiments Lain me indicaram Monster por ser, assim como Lain, um anime bastante complexo e tals. É um ótimo anime mesmo, o retrato psicológico dos personagens foi o que me chamou mais atenção e é totalmente livre de clichês, sendo uma obra única. O fato de ser um anime longo é bom por não ter comprimido a trama original do mangá já que é bem complexa, mas também tem o seu lado negativo, em ter acontecimentos que não existem no mangá e que são totalmente desnecessários e só atrapalham no desenvolvimento.
Porém o que me incomodou no anime, me incomodou MUITO mesmo rsrs, foram as inúmeras coincidências. Primeiro que são MUITAS, e algumas delas são bastante absurdas (Death Note, por exemplo, é um anime onde as pequenas coincidências são postas de forma sutil e inteligente). Sem dúvidas é um ótimo anime que vale a pena assistir, só poderia ser menos exagerado nesse ponto.

Cissa Romeu disse...

Tsu (Pri)!
Também estava com saudades amigona! Mas estive há pouco tempo por aqui...
Estou com o computador meio !@#$%¨, o meu está no conserto e o da minha empresa faz um "pufs" e desliga às vezes...

Interessante essa história, um tanto quanto instigante e complexa! Me dá a impressão que se eu fosse ler ela, teria que ter muita atenção, porque parece que se a gente perde alguma coisinha, perde tudo, é isso?

Beijinhos e ótimo domingo! Descansa e te diverte por aí também!!!!!

Evandro Raiz Ribeiro disse...

Olá Tsu, para não falar apenas do meu livro vou comentar um pouco a respeito de sua postagem de Monster.
Apesar de morar no Japão há 19 anos e em casa assistir apenas a tv japonesa, (até assinei por anos a globo internacional, e de vez em quando vejo na casa de amigos a record internacional, mas sinceramente nesses dois canais não passa nada que preste.) Muitos desses animes que fazem sucesso mundo a fora nem passam aqui na tv comum, talvez em algum canal pay per view. O anime de maior sucesso no momento aqui é o "ONE PIECE" que além da tv comum está presente em tudo que se possa imaginar na mídia por aqui. Eu não sou o típico fã de animes e mangás, mas gosto de ler alguma coisa que me interessa. Comecei lendo um mangá que talvez não faça nenhum sucesso aí no Brasil que era o "Crayon Shinchan" que conta o dia a dia de um menino peralta de 5 anos e sua família suburbana comum. São histórinhas engraçadas e que me ajudaram muito no apredizado da lingua japonesa e em aumentar a velocidade de leitura. Infelizmente o mangaká Yoshito Usui ano passado em uma de suas excursões solitárias pelas trilhas das montanhas da vizinhança onde morava, ao tentar tirar um foto de uma bela paisagem despencou abismo abaixo morrendo só sendo encontrado 2 semanas depois do ocorrido. Apesar do mangá ser um dos mais antigos no Japão sua continuação está comprometida. Outro que gosto muito de ler e que também me ajudou a compreender o idioma japonês foi o manga Sazae san que também conta o dia a dia de uma típica família japonesa dos anos 50, o que cativou nessa história totalmente boba é a semelhança com o o dia a dia da minha infância no Brasil nos anos 70, a criançada brincando na rua, a fofoca entre as vizinhas, até um ex-presidiário que passa vendendo gilette, cordão de sapato, caixa de fósforo usando sua condição de ex-presidiário como forma de coagir as pessoas a comprarem, é igual ao do meu tempo de infância. Outro mangá que comprei a coleção completa de 42 exemplares foi o "Dragon Ball", veja bem eu detestava o anime, quando voltava do serviço e minha filha estava vendo na tv, achava um desenhozinho muito bobo e sem graça. Um dia quando fui trocar os pneus do carro numa borracharia enquanto esperava botei os olhos em um exemplar do mangá e comecei a ler; fiquei totalmente encantado e saindo de lá passeio em um sebo de mangás e comprei todos os 42 exemplares da série. É uma pena que os mangás tradizidos no Brasil devem ser filtrados como são os animes que passam por aqui. O Dragon Ball no original japonês apesar de ir ficando chato no final e muito interessante e divertido, e com certeza não é uma leitura visando o público infantil. Tanto que em uma dos diálogos logo no início do mangá em que a Burka querendo obter alguns favores do pequeno Go-kun diz que se ele fizer o que ela pede ela o deixará "apalpar sua bunda", ao que o ingênuo Go-kun responde "Para que diabos ele iria querer apalpar aquela bunda suja" com certeza esse tipo de diálogo não foi traduzido no Brasil como não o foi no anime aqui no Japão. Achei interessante o Monster e vou dar uma passada no sebo para ver se encontro.
Falando sobre o significado da palavra SEINEN no início da postagem de MONSTER, SEINEN é formado dos caracteres AO ou SEI (verde, azul, imaturo) e NEN ou TOSHI ( ano, época)e o significado é época da juventude. Por exemplo SEINENKI é Adolescência.

Evandro Raiz Ribeiro disse...

Agora falando um pouco sobre o livro e a Smashwords, a diagramação talvez fique estranha para quem está acostumado a ver ou ler no pc em formato PDF. O formato PDF muito divulgado aí no Brasil para leituras de ebook, na verdade não é nada prático de ler em dispositivos móveis, eu experimentei no iPhone e talvez mesmo no iPad que tem uma tela maior não fique muito bom. Já no caso do ePub, é diferente ele se transforma ficando perfeito para leitura nesses dispositivos. Já que você pode configurar completamente o formato e o visual de como quer ter o livro em seu dispositivo. As exigências que te falei não são na verdade da Smashwords que deixa você publicar lá sem nenhum problema, as únicas exigências é que a obra esteja concluída e que seja de sua autoria. As exigências maiores são para entrar no catálogo que vai ser distribuido para os grandes sellers eles é quem exigem. O formato deve estar impecável, para o ebook não ficar estranho.Por exemplo, só existem dois formatos de diagamação aprovados, o primeiro é sem recuo na primeira linha e nesse você pode dar um ou dois espaços entre os paragrafos, mas este tipo de formatação não é aconselhavel para ficção. O outro com recuo de até 5 espaços na primeira linha, não suporta espaços entre parágrafos e se você der em todo texto(no meu caso 83.000 palavras)um único espaço entre parágrafos seu livro é rejeitado. Mas eles enviam um manual detalhado (em inglês) de como deve-se fazer a diagramação para o formato epub. Na verdade eles tem razão em fazer exigências, porque o arquivo depois de pronto aberto no Stanza, ou outro apps para leituras de eBooks no Iphone fica muito bom. No caso dos espaços entre parágrafos que falei acima, a preocupção é de não surgirem páginas em branco.
Mas no final vale muito a pena, veja bem meu livro está a venda em vários revendedores de ebooks no mundo, e é uma vitrine para o nosso trabalho, além de termos o controle completo sobre o que é vendido e eu posso escolher os formatos que eu quiser(inclusive PDF e WORD que deixei de fora por ser de fácil edição). Para escritores iniciantes como nós é um ótimo serviço e o melhor de tudo: é grátis. No momento por ter feito atualizações meu livro ficou fora do catálogo premium até que seja aprovado novamente, eu acho que dessa vez não haverá problem pois não notei nada de estranho, então acho que vai ser aprovado como está, acho que até amanhã sairá o resultado.
Um abraço

Gabriel França disse...

oi tsu sou eu de novo, dise q ia por mas erros lá no blog mas acabou q nem deu tempo, mas agora concerteza eles já estão lá. bjs

Sora-Chan disse...

Bem é verdade o estás a dizer lá isso é :3. Eu sou sem por cento viciada em animes psicologicos, pois são aqueles que me puxam mais atenção. Nenhum anime é suficiente bom se não nos pôr a chorar baba e ranho, se não nos pôr a dar um gargalhada bem alta, ou sem nos pôr com os olhos colados no ecra! Pelo o menos é o que eu acho! Sem de uns animes psicologicos da mesma companhia de Angel Beats! que me puseram a chorar a torto e a direito, mesmo lindos!

William disse...

Olá Tsu,
Mais uma aula hein! E você aliou um assunto extremamente intrigante. Caramba, é o maldito 666 que tanto atormenta as pessoas.
Lhe desejo um ótimo domingo.

Phillip Design disse...

Olá à Cartoon Humor está te seguindo, (Phillip Design) Sou Administrador da Cartoon Humor, Será que vocês poderia serguir meu site e clica nos botões de Curti do FaceBook. Fico muito Grato e Sucesso para o site de Vocês! =D

Marcio (Seiyaknight) disse...

Meu seinen favorito de investigação.
Após assistí-lo você entende porque Death Note é classificado como shonen.

Além de Monster, outro ótimo seinen é Kaiji *--*

Marcio (Seiyaknight) disse...

Monster é tão bom e maduro que até minha mãe gostou, e ela ja passou dos 60 anos e não gosta de desenho/longas animados.

Géssica disse...

Bem interessante este anime!!!

Tsu disse...

i Rubi!!
Então, sobre Monster você pode encontrar facilmente o anime para baixar. O mangápode ser um pouco mais dificil, mas como a obra é igual tanto em mangá quanto anime, recomendo o anime. Tem maisepisódios mas é mais emocionante.

Ontem mesmo estávamos conversando sobre esse lance de escreverhistórias...você se perde, eu deixo tudo complexo e no fim fico perdidakkkk... mas eu acho que cada tentativa no que fazemos é algum tipo de aprendizado. Embora em ambientes de trabalho isso seja abominável, eu acho que cada erro nos ajuda.

Sobre Pokémon...eu tenho um artigo pronto sobre osfilmes da série incluindo esse que aparece o Deus Pokémon (que surgiu nos games Diamond/Pearl). A teoria criacionista da série é interessante e a divisão dos mundos (tem pokémon do tempo, pokémon do espaço e pokémon do mundo alternativo - além do deus pokémon) cuja estrutura lembra um pouco a estruturado mundo de acordo com a Cabala.
Vou ver se posto sobre os filmes em breve.

Blz, me avisa quando tiver perto da postagem que escrevo um pouco sobre o filme!
bjs

Oi Gabriel!
Fico feliz em saber que meu blog desperta interesse nas pessoas a conhecerem determinados animes. Pois existe muitas obras de qualidade para todos os gostos. Já estou indo agora mesmo ver as novas fotos de erros dos filmes o/
bjs

Oi Renato.
Eu recomendo que você assista ao anime Monster. Notando seu gosto por filmes, tenho certeza que a obra irá agradar.
Abraços e uma ótima semana!

Jane o/
ahshashash ah tudo bem então! É que quando não vi meu banner pensei quevocê tinha tirado por alguma razão, aí perguntei. E u mesma já cometi esse deslize com outros parceiros quando alterei algumas cosias nos menus do blog...e fui perceber só muito mais tarde 0_0. Sei como é, a gente se atola de coisas pra fazer...
Ah volta no blog sim para comentar sobre o anime...Monster ébem diferente dos animes que conhecemos epor isso mesmo tão bom!
bjs

Oi André!
Tudo blz por aí?
Ah eu não vou ficar colocando os links pra baixar não..tudobem que é uma boa idéia mas dá um trabalhão ir copiando ecolando os links u.u Mas vou pensar sobre...enquanto isso você pode colocar no Google, Monter anime download rmvb legendado que certamente vai aparecer resultados emsites que legendam animes. Vale á pena acompanhar a obra! Vc que curte histórias complexas vai gostar!
bjs

Tsu disse...

Cassie!
AHSASH sim, eu vim toda empolgada falando de Monster e de Johann Liebert...é que fiquei tão admirada como enredo que queria divulgar kkkkk.
Sim, eu também gostei muito da foto dos gêmeos..ficou algo meio psicótico e sensual. Sobre a relação deles, eu não acho que você esteja errada não..encontrei na web alguns fan arts insinuantes e até mesmo na série a forma como Johann vê a irmã e dá importância á ela cria margem pra muita coisa...mas claro quese olharmos psicologicamente, pode acabar sendo outras coisas mas a impressão que eu tenho é a mesma da sua.
Eu gostaria quevc atuaqlizassee mais vezes seu blog..adoro demais ler os posts!!! Já disse que um dia vou usá-los em um livro! hohohohoho.
Vc viu que a Anne Rice estará na Bienal do RJ? Amiga, vmaos para lá! ahhash eu queria queela autografasse todos os meus livros das crônicas! *.*
Me diz, depois de ler, o que achou da fic!
bjs

Oi Luiz, valeu pela visita no blog!
A série é boa mesmo...Monster é algo totalmente original.
já estou indo no seu blog.
bjs

Olá Sandro!
Sim...quando você ver Monster, vai perceber que Death Note é uma obra para adolescentes e que Monster é para adultos..eu também fiquei surpresa.
Ah acredita que meu pai gravou pra mim os episódios de HSOTD?
bjs

Criska, minha amiga!!!!
Obrigada por comentar, e você nem faz idéia do quanto fiquei feliz quando você elogiou meu artigo(a forma como ele foi escrita0 no MSN!
bjs

Oi Dayla!
Monster é um anime cuja história é excelente, complexa demais, que nos faz ter muitas interpretações e que ésuper realista. Lá nãotem humor.
Angel Beats é uma obra de 13 episódios...no comçeo você a achaq simples, bobinha e etc...mas depois começa a perceber que a história nos dá muitos ensinamentos de valorizar a vida. Vale super á pena, pois tem personagens cativantes, humor...e um final sensacional.
bjs

Oi Edu!
Olha, porque você não vê o anime de Monster? A animação é excelente...e eu recomendo muito a série! Vale á pena, é diferente de todo anime que estamos acostumados á ver.
bjs

Dantop o/
Então,o Monster é uma obra voltada para adultos. Eu não estava acostumada com esse gênero, mesmo gostado de animes complexos mas quando vi...eu não conseguia parardeassistir *.* É super realista.
bjs!

Oi Márcio!
É tem razão..depois que vi Monster, Death Note comçeou a ficar algo mais shonnen para mim...esse Kaiji não conheço...qual o enredo? Tem anime ou só mangá?
Nossa, sua mãe gostou de Monster? Minha mãe não curte animes, exceto o desenho dos personagens, que ela acha bonito. Mas Monster é assim...uma obra realista que atrai públicos diversos.
bjs

Oi William!
Quanto tempo!!!!
Então..não fui eu que aliei um texto intrigante. A citação bíblica realmente aparece no inicio da obra Monster e ao longo da série tem muita ironia acima disso pois as pessoas se referem ao serial killer Johann como Monstro (daí o nome do título). E o rapaz é mau mas não é do tipo que surta...ele é apático o tempo todo e tem o poder de conquistar as pessoas e cativá-las..até o espectador fica ffascinado com a presenaç surreal dele. Como um verdadeiro demônio.
bjs e boa semana!

Tsu disse...

Oi Sora!
Sim, os animes bons precisam ter uma forma eficaz de nos fazer sentir como os personagens...senão fica artificial. Muitos animes deixam a desejar mas alguns cativam...e outros nos deixa intrigados...sem contar o traço que eu acho muito personagem. Não adianta ter uma boa história e um traço horrivel ou vice-versa. É preciso ser bom em ambos.
bjs

Oi Evandro!
Ah, tanto a Globo quanto a Record estão em um estado lastimável no quesito qualidade de programação...e as demais emissoras são ainda piores. Mas acho que isso é culpa do povo que gosta de ver porcaria e mesmice. Quem procura qualidade acaba ficando na net ou assinando tvpaga. Se bemque eu não acho a tv paga tão boa quanto dizem.

Os animes sempre passam na tv japonesa entretanto os que eu menciono já devem ter passado á muito tempo no Japão, agora deve estar bombando outras coisas. One Piece é super popular aqui no Brasil também. Mas eu particularmente não gosto da obra.
Fiquei supresa com essa história do "Crayon Shinchan" e maissurpresa com o fim trágico do escritor. Uma pena mesmo quando isso acontece. Lembro que o criadorde Trinity Blood morreu em um acidrnete e a obra ficou inacabada. Mas o mangá continuou embora certamente tomando um rumo diferente do que ele queria.
Mas pior é quando o autor está vivo e faz besteiras nas obbras. O hrupo CLAMP fica lançando um monte de obras e não termina o controverso X-1999. O criador deEvangelion é o queridinho do estúdio porque criou a obra revolucionária e só escreve quando bem entende...e Kishimoto, o criador de Naruto, so anda estragando os próprios personagens.

Mangás que abordam o cotidiano eu acho muito interessante. Porque torna tudo dinâmico, realista, tangível. Você mesmo se identificou com algumas obras e isso me aconteceu em algumas também, principalmnentena questão de posicionamento ético/moral(Death Note) e personalidade de personagens. Monster, entretanto, me fwez descobrir que todos nós temos algum tipo de Monstro dentro de si.

Dragon Ball é um clássico. Eu acho que a fase Z, embora tenha cenas de ação e apresnete personagens legais, como Vegeta, não possui aquela magia hilariante do Dragon Ball inicial. E pela sua ihstória, também ficou envolvido...as partes de humor são demais...a cena da batalha narrada e explicada em câmera lenta entre Kuririn e Mestre Kame no torneio de artes marciais é uma das coisas mais geniais que já vi.

Realmente sobre os diáloigos normalmente quando vem para o Brasil, o anime é dublado e tem as alterações. Pior: em Naruto as cenas de luta são cortadas nas partes mais "violentas". Por exemplo: vemos os personagens we preparando para lutar e subitamente o personagem já aarece caido no chão. Mas aqui no Brasil os fas de anime legendam as obras e disponibilizam para download. Não sei se você sabe mas aqui tem muito mangá já publicado e sendo publicado por editoras competentes, que não cortam nada e colocam a obra completa na íntegra. Assim, eles publicaram sem cortes ou altewrações, obras populares e mais polêmicas,como o caso de Angel Sanctuary.

Tsu disse...

Eu não sabia do significado da palavra SEINEN...mas quando li um artigo sobre Monster era essa a definição colocada nele. Por falar em Monster recomendo que você leia ou veja o anime, vale á pena.

Sobre o seu livro...É no começo eu achei meio estranha a diagramação e tal mas agora já me habituei...e acabo lendo até que relativamente rápido. Entretanto, eu não curto muito ler no pc..gosto mesmo é de pegar umlivro na mão e lê-lo calmamente, em um lugar confortável.
Bomo Epub então é o mais prático....eu não sei se aqui no Brasil ele é bem popular até porque não tenho smartphones e coisa e tal então não saberia dizer.
Sabe, achei valiosas asw informações que você me deu sobre esse site para publicação dos livros. Quem sabe em um futuro (espero que não tão,tão distante) eu também esteja colocando minha obra lá =)
Os caras do site podem swerexigentes quando á padronização mas a divulgação e oportunidade que dão aos escritores iniciantes é excelente e realmente vale á pena. E espero que quando eu for publicar meu livro esse sistema ainda seja gratuito! Eu sei que quando temrinar minha obra (que na verdade seria mais de um livro....) terei um tortuoso caminho para seguir até conseguiralguma chance.

Eu vou retornar ao site para ler seu livro durante a semana que estarei no meu pc e mais sossegada.
Mas vamos mantendo contato, trocando comentários entre nossos blogs!

Fiquei sabendo que Anne Rice estará na bienal do livro no RJ! Mas sou de SP...:/
bjs

Cissa o/
Ah pcs problemáticos..ruim com eles pior sem eles não é verdade?
Bom, quanto á Monster, eu recomendo que você assista, pois é uma obra bem diferente e tem momentos que até nos esquecmeos que se trata de um anime, tão real parece a história. E o psicológico é muito bem trabalhado, intrigante....dá margem pra muita interpretação. E o "vilão" é um anjo do mal surreal!
Bjs, excelente semana e tudo de bom!!!

Oi Manfio!
Rapaz, eu notei seu sumiço! Senti falta dos seus comentários no blog!!!
Mas você está melhor agora? Com saúde a gente tem que tomar cuidado mesmo. Eu não consigo imaginar deixar meu blog abandonado..dá desespero só de pensar rs...

Como eu sempre gostei da maior parte das obras dfo CLAMP assim que vi a primeira imagem de Code Geass, vi o Kamui ali interpretando o Lellouch rs...durante muito tempo pensei que era obra do CLAMP, até pq o Suzaku É o Shoran. Mas só bem depois é que soube que a obra é de outra pessoa mas quem fez os desenhos foi o próprio CLAMP, por isso que na abertura aparece uma referência textual do estúdio.

Eu conheço Lain o/ Irei rever a obra para fazer um artigo..acho esse o anime mais complexo e confuso já criado. Eu prefiro Monster porque, apesar de complexo,eu fui capaz de entender muito bem as intenções dos personagens, até mesmo do Johann - que aliás se tornou um de meus personagens preferidos.
Sobre as coincidências..siom, tem razão, algumasficarammeio exageradas...mas pelo menos Monster soube focar bem no lado psicológico..o último capítulo, na tese do Monstro Verdadeiro e a frase mortal do Johann "Qual dos dois ela não desejava?" no final é sensacional.

bjs

(La)ize disse...

Nossa, 'violência sutil e psicológica' D: Eu nunca assisti um desenho que parecesse tão real como você falou. 74 eps é relativamente pouco né?! vou ver se assisto um dia... haha \o

Assisti "deixa ela entrar", e... aquilo é "terror" mas não o tipo de terror que assusta, só o do tipo sangue e morte. Achei Oskar MUITO incrível!! ele é genial, super corajoso XD e... ele é incrível! Eli e o tipo de vampira de verdade! Eu estava lendo sobre Drácula, um dia desses, e é cheio de semelhanças (só que no que li sobre Drácula ele não morre com o sol, o que acontece no filme...) Eu gostei \o/

Ah, e Annabel e Sarah é como um Alice in Wonderland bizarro mesmo! hahahaha

Mari disse...

Nossa adorei... fiquei com vontade de lê mais rs vou procurar historia de anime...
Com certeza voltarei mais vezes
Obrigada pela visita
Seguindo já
beijo

♡ Jane dos Anjos ☆ disse...

Uau... Uau... Uau... agora sim vou pesquisar e futucar a net atrás dessa obra, só de ler seu post fiquei totalmente envolvida com Monster, fiquei até pensando que talvez ele tenha matado o casal e Ana tenha tentado matar ele e após disso com sua amnesia ela não lembre do fato daquela noite... HUM!! Agora eu vou querer ver e matar a curiosidade, agora mate a minha! Onde achou estpa obra prima? Quem lhe falou dela? Eu nunca vi e nem li nada sobre o anime!! Uma pena os mangás não terem ido em frente aqui no Brasil... é sempre assim!! Bjs e amei o post, parabéns!!

Dantop♥ disse...

Tsu♥
Que bom q vc tah curtindo a fic, fico feliz [eu amo aqueles sorrisos do Gai, hihihi]
InoGaa não vai demorar, o Gaara jah aparece no proximo capitulo, mas lá nas atividades de kazekage dele.
A Ino vai ganhar muito espaço nessa fic, depois de NaruHina, InoGaa é prioridade♥
Ah, eu fiquei interessada mesmo em monster♥ Ainda mais com vc recomendando XD
Bjão♥

Ana Ferreira disse...

Olá, Tsu!
Só acabo de conhecer o seu blog e pude apreciar imensamente o conteúdo dele.
Não sou uma profunda conhecedora de mangás e animes. Por nada em especial, simplesmente porque não parei para me ater a um deles. Ainda.
Monster pareceu-me ótimo, excelente. Um anticristo e toda essa história bem elaborada de serial-killer é forte, intrigante e genial ao mesmo tempo. Vou procurar mais a respeito. De qualquer forma, por todos os seus comentários, deu para notar que é realmente um anime que mereça a nossa atenção.

Beijinhos,
Ana - Na Parede do Quarto

Manfio disse...

Olá, Tsu!
Sim, estou melhor agora. Tive de fazer uma cirurgia para tirar o apêndice e nos primeiros dias a dor é quase insuportável xD. Agora é só tomar cuidado para cicatrizar sem complicações. Pelo menos já posso digitar de novo no meu blog LOL!
Realmente, parei para pensar e o Suzaku e o Shoran são idênticos rsrs.
Lain é realmente confuso, a primeira vez que assisti fiquei bem perdido e sem entender muita coisa (mas também, eu era maior pivete rs). Mas assistindo novamente algum tempo depois gostei bastante do anime, claro que também tem seus problemas de enredo, mas é bem interessante. Isso vai ser supimpa, com certeza será muito legal ver seu ponto de vista sobre o anime em um artigo.
O Johann é um dos melhores personagens já criados para animes, dadas as suas devidas proporções, ele me lembra um pouco o Griffith de Berserk, os dois com aparências angelicais e gentis, mas na verdade são praticamente o capeta em pessoa xD. Só pelo fato de ter um antagonista como este já vale a pena ver o anime.

Kamila B. disse...

Agora que eu tenho que assistir realmente esse anime! Haha' eu já nem gosto do Johann, né? Só as imagens e as suas ótimas recomendações já me fizeram xonar.. haha!
Até mesmo porque ele tem o poder de atrair nossa atenção, rsrs
Vou começar a baixar essa semana, já num guento mais não conhece-lo. haha

Abraço Tsu *-*
http://suinguken.blogspot.com/

Tsu disse...

Oi Kamila!!!
Ah você temque ver MONSTER já!! Também eu falei tanto desse anime pra vc! E quando eu te mostrei a foto do Johann...vc surtou! kkkkk Sim, o Johann atrai a atenção..espere começar a ver ele no anime...eleé surreal, super branco 0_0. E com uma voz macia...um personagem que intriga..dá medo e atrai. Somos duas fan girls do Johann kkkk.
bjs!!!!!

Oi Manfio!
Nossa, as pessoas falam mesmo que operar o aapêndica é cruel..mas ainda bem que está tudo ok...agora fique em repouso..sentado o dia inteiro cuidando do blog ou vendo filme/anime rs.

Sobre Lain eu gostei dasérie logoque vi...a abertura já me atraiu rs..(o mesmo aconteceu com Monster e Ergo Proxy..amei a abertura e o anime se mostrou á altura).Só que eu havia formulado uma teoria sobre Lain, mas me inofmrando sobre coisas da obra no orkut (debates) descobri que era algo diferente (tinha gente que fez monografia com base em Lain 0.o) e vou rever a obra para então fazer um artigo melhor. Acho que o problema de Lain é que usou figuras de linguagem filosóficas demais e isso ás vezes sai um pouco do contexto.
O que me atraiu no Johann é que ele é uma beleza surreal..é um tipode mal que não parece mal..ele despertao mal nas pessoas através da sua forma de conversar, de cativar. Ele é um eterno enigma, um personagem real que deseja ser uma ficção.
bjs!

Oi Ana!
Fico feliz em saber que o conteúdo do meu blog te agradou. Espero poder contar com seus comentários no meu blog á partir de agora, para que possamos trocar idéias. Se você reparar eu não abordo apenas animes e semelhantes no blog, tem artigos de filmes também.
A referência á anticristo e serial killer no anime Monsteré uma metáfora. Afinal, as pessoas se referem ao vilão Johann como um demônio e ele de certa forma o é. Nãopor ser agressivo mas sim por saber manipular.
Bjs


Oi Dantop!
Ah sim eu to curtindo a fic!!!
Hum fico no aguardo de ver o Gaara..gosto dele mesmo o Kishimoto ferrando com o personagem.,..
Opa Monster é algo bem diferente, mo comçeo vc vai até falar: nem parece umanime! Mas é muito bom!"
bjs

Jane o/
Menina! To surpresa demais com sua análise sobre o fato de Monster!!! 0_0 Sério mew, você matou essa parte, a dedução é correta1 Curiosamente logoque vi a cena eu também tive a mesma dedução que você e isso se confirmou.
Monjster é uma obra fantástica, bem original! Pra baixar os episódios dá uma olhada aqui: http://www.kanzenanimes.net/anime/monster

Quem me falou de Monster foi um cara de uma loja de dvds de anime que conheço.Todos os animes que ele me recomendou eu gostei...ele falou que Monster eu ia gostar porque o meu jeito, certamente gostava desse tipo de história.Ele me falou dessa obra umas 3 vezes e depois eu comprei....o anime é pouco conhecido, mas é ultra-cult.
Bjs!

Oi Mari!
Eu recomendo que se veja o anime. vale á pena! Obrigada pela visita!

Oi Laize!
Sim, é uma violência sutil e psicológica em Monster! Usei a definição porque sempre que terminava os capi´tulos eu ficava perturbada kkkk.
Ah eu não consigo classificar Deixa Ela Entrar ocmo terror..vejo ali um drama vampírico..aquelas crianças são talentosas por demais! Eu fiquei encantada com o Oskar! Ele é igual ao Mello de Death Note (um dos meus animes preferido). A Elli é incrível..mas o mais interessante são os fatos presentes no livro...coisas que o filme não revela. Tipo, lembra quando Elli diz: Oskar, eu não sou uma garota. ? Bom...realmente ela fala isso não porque é vampira..o livro te choca e fascina ao mesmo tempo.
O ator que fez o Oskar é fenomenal..ele não tem expressão rs.
Essa obra dá pra se passar horas debatendo!
bjs

Sora-Chan disse...

É mesmo, concordo plenamente contigo, aliás tenho o mesmo raciocínio pois quando estou no curso a desenhar manga tento ao maximo que o desenho se iguale á história que tenho planeada que pelo o menos para mim é fascinante!!! por isso o art work tem de ser fascinante tbm!

Renoth disse...

querida Tsu, como vai?
gosto muito quando me visita, mesmo quando eu não consigo retribuir essa visita. Na verdade isso é estranho, pois faço bem menos coisas da vida que você, logo, eu deveria estar mais presente no seu blog que você no meu. >_<
Não tenho culpa se você é 40 vezes mais organizada >_<
temos que marcar de nos conhecer sim, me adiciona no MSN renoth@hotmail.com e a gente marca por lá x3
Monster parece ser o maximo, assim como tudo que você normalmente descreve, e estarei colocando na lista de coisas que eu tenho que assistir.
Comprei o mangá de Tokyo Babylon por o ter visto por aqui. só tenho o primeiro, mas pretendo ter toda a coleção, afinal sou um "clampmaniaco" x3
Se você puder, e/ou quando puder, assista No.6, este anime é minha paixão e me lembra o livro "1984". Em No.6 o mundo que se conhecia acabou com grandes guerras e os poucos sobreviventes formaram seis cidades, cada uma com o nome da ordem em que foi criada. A cidade de numero seis seria a mais perfeita de todas, onde todos os moradores seriam felizes e não existiria maldade... Claro que a verdade nem sempre é tão visivel aqueles que não querem a enxergar...
aproposito, também parece um pouco com o filme "A vila" por acreditarem que não existe vida fora das seis cidades....
estou dando muitos spoilers, desculpa, mas é que esse anime virou minha nova e avassaladora paixão. Ah, tem um pouco de shonen-ai, fato que tem deixado os garotos dos foruns otaku que acesso de nariz torcido.
Não sei se isso afeta sua vontade de ver o anime, mas, como vi X e Tokyo Babylon por aqui, não creio que isso venha a ser um grande problema já que a estória do anime é muito maior que seu casal.
quero muito falar mais, mas vou acabar entregando demais >_<
No.6 me conquistou mesmo >_<

Renoth disse...

e já vi sim sua sessão cosplay da C.C. que estava o maximo x3
Meu blog não aparece no painel de ninguém, mas vou tentar criar um feed pra ser assinado (meu namorado está me ajudando com isso, vamos ver se duas mentes trabalham mesmo melhor que uma).
eu ia assistir Code Gueass, mas sei lá, eu já sei o final X_X
acho que vale pois a animação foi feita pelo estudio do CLAMP...
e vou te responder sempre a partir de agora! você está na minha lista de prioridades priorizadas x3
beijos Tsu!

♡ Jane dos Anjos ☆ disse...

Acabei de assistir o 1º episodio... que primor de anime, o desenho o olhar... nossa tudo maravilhoso... eu fiquei agoniada com tudo, principalmente quando ela (a irmã gêmea)fala no hospital " por favor...mate..." cheguei a arrepiar a espinha!! Olha vai ser dureza baixar o 72 episódios mais vou baixar!! Quero guardar e assistir!! Obrigada por me indicar o site, lá tem todos!! Bjks

HONORATO,Sandro. disse...

Tsu :)
Como sou "adolescente" primeiro vou ver Death Note e depois Monster :)

Ah nem sabia que seu pai via essas paradas kkkkkkkkkkkk
Ele também se amarra em colegiais? kkkkkkkkkkkkk
Zueira ein Tsu.....

Nem terminei de ver HSOTD..parei no 3 º episodio...estou com"problemas tecnicos" no pc :@

Beijos e uma excelente semana

Mari Sayuri disse...

Oi Tsu!!!
Monster eu vi pela primeira vez numa daquelas revistinhas de resenha xD
Eu sempre quis ler, mas como o mangá parou de ser lançado por aqui, acabei nem comprando.
Mas sempre me pareceu uma história interessante.
Um dia quem sabe eu baixe xD Mas ai eu ia precisar de tempo.
Bom, ótimo artigo
se cuida e um beijão
http://ondevaoasnuvens.blogspot.com

Tsu disse...

Oi Sora!
Você faz curso de desenhar mangá? Que interessante! Há muito tempo eu desenhava, mas abandonei isso para me dedicar á escrever.
bjs

Oi Renoth!
Eu vou levando a vida e vc?
Ah poxa eu queria que você fosse mais presente no meu blog! Tipo..eu só não apareço mais no seu por conta do Feed..vê com seu namorado aí como atualiza pq depois você não precisa mexer nisso mais. Lembro que eu consegui fazer meio que cliando por aí no site que tem a atualização de Feed. Procurem no Google como fazer isso no Blogspot...sei que é um site afiliado ao Blogspot de certa forma.
Eu não sou tão organizada asdsim..na verdade eu sou maluca e tenho o blog como prioridade na vida kkkkkk tensoooo....preciso começar a ganhar grana com isso.

Olha, assim que começar a ver Monster, me avisa aqui pelo blog ou por msn! Tipo..aquela obra é tudo *.* Surreal e ralista(como isso é possível?)

Olha, você vai gostar de Tokio Babylon...é yaoi e foca em Subaru/Seishiro embora aborde temas bem legais da sociedade. E o desfecho dos personagens é contado no mangá X-1999 9que ainda não terminou e é uma das minhas obras preferidas)

Ixi, eu não curto muito shone-ai não...mas vou dar uma pesquisada...se me interessar, assisto.
bjs!
E se vai colocar meu blog como prioridade para visitar, então vou te cobrar se vc não aparecer!


Jane o/
Ai que legal você já viu o primeiro episódio de Monster!!!!!
O que é aquela abertura não? Sim, o anime te deixa na agonia...e á medida que a história desenrola, com mais agonia você fica. Tem episódio nada á ver que serve pra quebrar esse "peso"...mas quando o Johann vai aparecendo....uhu! A coisa pega! Baixe os capitulos e assista...se teu marido curte suspense e coisa policial, Monster é uma boa pedida.
bjs!!!!


Oi Sandro!
AHSHASH blz, veja Death Note primeiro, vc vai adorar.e o Monster tem que ver inspirado! Pq é cheio de detalhes.
AHSHASHAS meu pai não curte anime..ele gravou filmes para mim e do nada apareceu com o dvd de HSOTD pq baixou...nem sei a razão;.;
Poxa pelo tanto q vc fala da série pensei que já tinha assistido ela toda!
bjs

Oi Mary!
Monster é uma obra única! Vale muito á pena! Eu recomendo que veja o anime porque tanto o mangá quanto o anime são iguais (o anime tem um pouco mais de encheção de linguiça mas dá pra ageutnar de boa). Sem falar que ver o Johann animado é tudo! *.*
bjs

! Marcelo Cândido ! disse...

Legal saber as diferenças desses dois tipos de leituras
!!!

Leka disse...

Cara tuas dicas sempre são da hora!
Esse deixarei pra ver depois, pois já estou vendo o wicth hunter e outra série animada também!kkk!
Também estou baixando Elfen Lied!kkk!
Sua dica vai pra minha lista!kkk!
bjs, paz e boa semana!
http://guerradosmundosleka.blogspot.com/

Tsu disse...

Oi Marcelo^^

Oi Leka!
Opa valeu por curtir minhas dicas! Espero que você esteja curtindo Witch Hunter Robin já que ela é uma série que foge um pouco dos padrões mais comuns...Elfen Lied eu conheço..eu até gosto de alguns pontos (especialmente a abertura0 mas achei que a série deixou um pouco a desejar. Agora Monster é um primor!
bjs

Ricky Blue disse...

Aaaaaaaaaaaaaaaaaaah!

QUE LINDO! EU VOU VER EU VOU VER!
\o/ Weee

Tava querendo mesmo uma série pra ver, mas tava bodiado de pesquisar.

^^ Bigado migs.

Karine Fortes disse...

Monster é foda mesmo, com certeza é um dos melhores animes ja feitos, e não é só pra quem gosta de anime, a história é muito boa, tem muito suspense, é perfeito.

Tsu disse...


Oi Rick, tudo bom?
Então conseguiu assistir Monster?
O que achou?
bjs

Olá Karine!
Eu coloco Monster como meu anime/mangá preferido até o momento. É um drama psicológico altamente complexo *.* Eu cheguei a fazer cosplay de Johan Liebert e minha amiga fez cosplay do Tenma. Você chegou a ver as fotos?
bjs

Marcello Salvaggio disse...

Gostei da sua análise. Gosto muito de outros animes e mangás, como Death Note, Claymore, Berserk, Full Metal Alchemist, mas de todos que conheci nenhum se compara a Monster.
Johann Liebert é um personagem fascinante. "Luciferiano" acredito que seja o melhor adjetivo para ele, já que ele faz o mal de forma sutil, digna de um anjo caído. É muito diferente por exemplo do Raito Yagami, que, apesar de ser muito inteligente, em alguns momentos se deixa perturbar pelas emoções.

Tsu disse...

Olá Marcelo!
Eu também já vi muitos animes mas nenhum deles se compara em complexidade á Monster...Naoki Urasawa foi um gênio.
E sim, também vejo o Johan como um luceferiano...um anjo perfeito em sua maldade. É interessante notar que na obra, todos os personagens tem seu psicológico explorado (uns mais outros menos) exceto o Johan. O que deixa uma incógnita ainda maior.
De fato o Raito se deixa levar pela emoção e complexo de divindade...muitos elogiam a genialidade de Lelouch (Code Geass) mas ele seria facilmente derrotado por Johan pois se existe alguém tomado pelas emoções ao extremo é o Lelouch.
Johan é um dos meus personagens preferidos...tanto que fiz cosplay dele, como vc pode ver em algumas fotos nesse link (minha amiga fez cosplay do Tenma).
Se quiser, dê uma olhada:
http://empadinhafrita.blogspot.com.br/2012/10/papo-furado-ferias-e-explicacoes.html
abs!

Marcello Salvaggio disse...

Olá Tsu!
Primeiramente obrigado por ter também visitado meu blog.
Sobre o Raito, o próprio L dizia que ele era infantil e odiava perder (como o próprio L também se definia, hehe). Já o Johann não tem nada de infantil. Mesmo quando criança, ele já era o monstro. Lembro de um capítulo em que o pai adotivo do Dieter (esqueci o nome do personagem) fala que não foi o que aconteceu em Kindherhaim que tornou ele o monstro. Ele ser o monstro desde sempre é que é o grande mistério, como se fosse mesmo um Anticristo.
Li há algum tempo a biografia de Hitler, do Joachim Fest, e enquanto lia me lembrava bastante do Johann, apesar do personagem ser diferente do ditador, como o próprio anime/mangá deixa claro. Hitler na insanidade dele acreditava estar fazendo o bem, purificando o mundo, enquanto Johann, como Tenma diz, não tem preconceitos, ele despreza o gênero humano como um todo. Talvez um ditador que tenha se aproximado mais do Johann do que o próprio Hitler foi Stalin.
Code Geass ainda não vi, mas depois de ler seu comentário, vou dar uma olhada ;)
Vi seus cosplays, achei bem legais, gostei especialmente do Johann claro, da Misa e do Alex, já que adoro Laranja Mecânica, tanto o filme quanto o livro.
Com relação ao que vc comentou num dos meus blogs, esse mundo da Trissência que criei junto com um amigo se baseia justamente na triplicidade de diversas mitologias e religiões. Meu embasamento mais forte é na religião hindu, que foi a que estudei mais a fundo, com a trimurti de Shiva, Vishnu e Brahma. Vishnu e Shiva, especialmente, são muito complexos e com diversos aspectos transpessoais. Shiva, por exemplo, é tanto um asceta imperturbável nas montanhas como o senhor dos cemitérios e crematórios, além de ser o amante de Parvati e de muitas outras facetas.
Li também vc tem planos pra escrever um livro, desejo boa sorte nessa empreitada!
abs!

Anônimo disse...

Leiam Another Monster (só tem disponivel em inglês e com 31 capitulos) que é uma novel que foi escrita pelo proprio Urasawa e a narrativa é perfeita, como se fosse real. Essa novel seria a continuação depois do manga/anime, expande o universo de Monster, a cultura e dá muitas informações sobre personagens (aquele capitulo que fala e revela diversas coisas da mãe do Johan é espetacular, mas não darei spoilers) e o final... que final! MIND BLOWING. Leiam.

Confira Também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...